A graduação é o momento de adquirir conhecimento em uma profissão para o futuro. Principalmente o saber teórico relacionado à área escolhida. Porém, é importante ter em mente que o mercado de trabalho valoriza também quem põe a mão na massa. Por isso é fundamental conseguir experiência profissional na faculdade.

Conciliar as duas atividades pode ser um pouco puxado, mas os benefícios para sua empregabilidade são bem claros. Além da oportunidade de crescimento pessoal que uma experiência como essa pode trazer.

Neste post, vamos apresentar a você algumas das principais opções que existem para ganhar experiência profissional na faculdade. Cada uma delas trabalha um determinado conjunto de qualidades. Se possível, é interessante experimentar mais de uma durante a sua graduação. Vamos nessa?

Projetos de pesquisa

A opção mais acadêmica que existe são os projetos de pesquisa. Neles, um ou mais professores orientam um grupo de alunos. São discussões regulares sobre temas relacionados à sua área do conhecimento, visando ao desenvolvimento de um artigo científico.

O aluno interessado pode verificar a possibilidade de uma bolsa de estudos, nos moldes de uma bolsa de iniciação científica. É uma opção interessante principalmente para quem planeja ou tem curiosidade sobre seguir a carreira acadêmica — cursar pós-graduação e tornar-se pesquisador e professor universitário.

Mas participar de um projeto de pesquisa pode ser bacana até mesmo para quem já se decidiu por outros rumos no mercado de trabalho. Especialmente nos primeiros períodos da graduação, quando o estudante ainda não tem muito know-how na sua área. Experimentar como o conhecimento é produzido pode ajudar na sequência do curso.

É também uma boa oportunidade para networking, tanto com professores quanto com os alunos que estejam no mesmo grupo. Os laços criados podem ser úteis para indicações futuras, seja em outros projetos ou até mesmo na hora de disputar uma vaga em um programa de mestrado ou doutorado.

Projetos de extensão

Extensão universitária é um exemplo da tentativa de uma instituição de ensino superior de interagir diretamente com a comunidade a seu redor, “fora dos muros”. O objetivo é compartilhar o conhecimento produzido por ela, trazendo benefícios diretos à população.

Para o estudante, a participação nesses projetos não é tão diferente da atuação em um projeto de pesquisa. A maior diferença é o contato direto com o público. Ações de extensão podem se dar dentro da faculdade, com atendimento aos interessado, ou, ao contrário, com o projeto indo ao encontro das pessoas que pretende atingir.

O principal benefício de um projeto de extensão é combinar o conhecimento científico com a prática profissional. Dessa forma, o estudante pode exercitar o que já aprendeu em sua graduação fora de um ambiente tão controlado, como é o caso de laboratórios ou oficinas do próprio curso.

Assim como no projeto de pesquisa, o aluno pode procurar a existência de bolsas para atuar em projetos de extensão. É uma forma interessante de começar a utilizar seus conhecimentos antes de entrar no mercado de trabalho — e o primeiro passo pode ser a nossa próxima opção.

experiencia_profissional_na_faculdade

Estágios

Os estágios são uma etapa fundamental para iniciar sua relação com o mercado da sua futura profissão. A partir dele o aluno pode perceber as práticas cotidianas de um profissional do ramo e começar a desenvolver as competências necessárias para quando deixar a graduação.

Comparado com as outras opções apresentados, o estágio é o que mais apresenta situações que serão corriqueiras na atuação profissional: as atividades esperadas, prazos possíveis, cobranças da chefia. Não que os projetos não tenham essas características; apenas que nos estágios elas estão mais em linha com o observado no dia a dia do mercado.

A boa notícia é que a oferta de estágios remunerados continua crescendo, mesmo em momentos que a economia não anda muito bem. Várias empresas realizam processos de seleção próprios, mas você pode contar com ajuda de fora também.

Existem entidades especializadas em fazer a ligação entre empresas interessadas em contar com estagiários e os alunos que procuram vagas. As faculdades também costumam ter departamentos voltados para oferecer oportunidades para seus alunos.

Muitas dessas são frutos de parcerias entre a instituição de ensino e empresas que atuam em áreas relacionadas aos cursos ofertados. Isso permite que seus alunos tenham acesso a vagas exclusivas, ampliando o leque de escolha em relação a outros estudantes.

COT: Centro de Oportunidades e Talentos

A colocação profissional de seus alunos é uma preocupação constante para a FECAP. Por isso a escolha por criar um setor especializado em colaborar nessa área: o Centro de Oportunidades e Talentos (COT).

No COT, estudantes e ex-alunos têm acesso a vagas de estágio, efetivas ou de trainee. Tudo para possibilitar o aprimoramento das habilidades durante o curso e também conseguir um bom emprego após deixar a graduação ou pós-graduação.

Além de disponibilizar essas oportunidades, o COT organiza outras atividades, como feiras semestrais e ações pontuais de recrutamento. Quem procura aconselhamento e orientação de carreira também consegue apoio no Centro, com o desenvolvimento de um plano de ação com foco na inserção ou recolocação no mercado.

Comece a empreender

Experiência profissional é um fator importante na formação universitária, mas ela não é composta apenas por essas oportunidades. Uma instituição referência em negócios como a FECAP é também o ambiente ideal para os primeiros passos no empreendedorismo.

Não é preciso se limitar à trajetória regular, de concluir a graduação e procurar o emprego dos sonhos. Um bom projeto não tem hora para surgir e ter essa mentalidade empreendedora durante o curso é uma boa ajuda para o sucesso no futuro.

Uma iniciativa nesse sentido dentro da FECAP é o Centro de Empreendedorismo, Proatividade e Inovação. O espaço é voltado para o desenvolvimento de ideias que possam ser transformadas em boas oportunidades. Nunca é cedo para começar!

Pronto para ter experiência profissional na faculdade?

Listamos algumas possibilidades, mas saiba que existem várias outras formas de conseguir experiência profissional na faculdade. Uma que vem se destacando muito são as empresas juniores, onde os próprios alunos comandam uma negócio. São importantes laboratórios para o aprendizado e crescimento dentro da área escolhida — e do sempre importante networking.

Se você ficou interessado em oportunidades do tipo, temos um convite para você. Inscreva-se na newsletter da FECAP para receber mais conteúdos com exclusividade.