Entrar no ensino superior é um momento muito delicado. Afinal, é a hora de uma decisão bem importante para o seu futuro. A definição de qual curso é mais adequado é o foco de muitos, mas é importante não deixar de lado outro aspecto fundamental: escolher uma boa faculdade.

É preciso levar em consideração alguns fatores antes de bater o martelo. Uma instituição de qualidade vai combinar aspectos de estrutura, ensino e apoio profissional para oferecer aos alunos as melhores possibilidades na carreira.

Por isso, vamos mostrar 5 dicas de como avaliar os pontos mais importantes para você escolher uma boa faculdade.

Observe a estrutura física

Uma das primeiras análises que você precisa fazer é sobre as condições físicas da faculdade. Mais do que um prédio bonito (embora não vamos negar que isso também é um ponto favorável), o crucial é verificar os espaços que são oferecidos para o curso que você busca.

Para uma graduação que tenha foco em práticas de laboratório, por exemplo, é interessante conhecer o número destes que podem ser utilizados pelas disciplinas, além do estado de conservação das salas e dos materiais.

As salas de aula normais também precisam ser levadas em conta. Elas dispõem de equipamentos de suporte, como projetor? Como é a iluminação e ventilação — além, é claro, da conservação dos assentos e a limpeza em geral?

Um espaço importantíssimo de se avaliar é a biblioteca. Ela deve dar condições para os alunos desenvolverem seus estudos, em espaços individuais ou em grupo. Vale também saber o tamanho e a qualidade do acervo, além do horário de funcionamento e como funciona o empréstimo das obras.

Analise a grade curricular

A estrutura física é um importante ponto de partida, mas o que realmente confere qualidade a uma graduação são as aulas. Um curso bem elaborado neste aspecto pode até mesmo superar possíveis deficiências que tenha nos espaços oferecidos aos estudantes.

O primeiro passo é conhecer os professores. Serão eles os responsáveis por conduzir os alunos durante a jornada pela graduação. Logo, é interessante conhecer a qualificação e a experiência, profissional e acadêmica, de cada um. Isto permite ter uma ideia melhor do que irão valorizar e transmitir em suas aulas.

A investigação pode seguir para as disciplinas oferecidas dentro do curso em consideração. O percurso acadêmico é um importante indicador de como os diversos temas são trabalhados ao longo da graduação. A distribuição das matérias por semestre também permite saber os temas mais valorizados na instituição, além da carga de estudos exigidas em cada um deles.

Em resumo, sua decisão deve se pautar muito pelo que efetivamente você vai estudar nos anos que se dedicar à graduação — e em quem serão os encarregados de apontar o seu caminho nessa etapa do seu aprendizado.

Confira o setor de relações internacionais

A graduação é um momento de novas experiências, acadêmicas, pessoais e profissionais. O intercâmbio é uma das formas de combinar tudo isto em um período de aprendizado intenso, e sua faculdade pode dar uma aliada decisiva nesta hora.

As formas de ajuda são muitas: bolsas e outros acordos podem facilitar o acesso, reduzindo custos para o estudante. Algumas parcerias não envolvem suporte financeiro, mas simplificam o ingresso dos alunos em programas internacionais de destaque na área escolhida.

O apoio pode também vir ainda no Brasil: aulas de idiomas estrangeiros são um primeiro passo para quem deseja passar um semestre em outro país. Assim como a oportunidade de conhecer as principais vantagens do intercâmbio em cada local antes de tomar a sua decisão.

escolher-uma-boa-faculdade

Você pode até não pensar nisso agora, mas são detalhes que tornam-se um diferencial para escolher uma boa faculdade. Por isso, não deixe de verificar como as instituições que você procurar trabalham esse aspecto da sua graduação.

Na FECAP, este serviço é prestado pelo International Office. É ele que cuida dos processos de internacionalização e intercâmbio cultural e educacional dos alunos. As oportunidades disponibilizadas envolvem vários países, como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Nova Zelândia e Austrália, além de Espanha, Itália e Colômbia.

Avalie o setor de estágios

Se o intercâmbio é uma possibilidade que você pode ou não tirar proveito, um estágio é quase uma obrigação. Sair do mundo acadêmico e experimentar a rotina profissional da sua área de atuação é uma das melhores formas de se preparar para o mercado de trabalho — e a faculdade pode ajudar muito nesta etapa.

Um bom serviço de estágio pode conferir aos alunos oportunidades melhores dos que eles encontrariam por si só. As parcerias com empresas podem garantir acesso facilitado ou até mesmo exclusivo aos estudantes da instituição. Muitas vezes, também garante remuneração acima da média neste período. Uma vantagem e tanto na hora de procurar uma vaga.

Conferir essas parcerias e outros serviços de apoio prestados pela instituição é um detalhe crucial para escolher uma boa faculdade. A FECAP conta com o Centro de Oportunidades e Talentos (COT), que divulga vagas efetivas, de estágio ou trainee, além de organizar feiras e ações de recrutamento. Também são oferecidos aconselhamento e orientação de carreira.

Visite o campus

Qual a melhor maneira de conhecer tudo isso? Presencialmente, é claro. Procure saber como é possível fazer uma visita ao campus do curso pretendido. Esta pode ser agendada ou até mesmo como parte de algum evento.

Dessa forma, você pode conferir por si mesmo como é a estrutura da instituição, com possibilidade de conhecer alunos e professores. O contato direto pode eliminar dúvidas que você ainda tenha, ou ser o passo final para a sua decisão.

A FECAP realiza periodicamente o Asas Abertas, um evento dedicado aos interessados em conhecer a faculdade. A programação conta com workshops, palestras e outras atividades culturais que permitem experimentar um pouco do que é fazer parte da faculdade.

Pronto para escolher uma boa faculdade?

O momento é delicado, e a princípio a decisão pode parecer complicada. Mas escolher uma boa faculdade é uma questão de saber quais aspectos são os mais importantes a serem avaliados. Com as dicas acima, você já está mais do que preparado para bater o martelo sobre o que é melhor para seu futuro.

Curtiu as dicas e gostaria de mais textos desse tipo? Inscreva-se na newsletter da FECAP e receba conteúdos com exclusividade!