A redação Enem tem um grande peso na nota final dos candidatos. Quem se dá bem nesta parte da prova tem mais chances de ser aprovado no vestibular.

Produzir uma redação nota 1000 não é impossível. Basta se preparar bem e compreender o que o exame pede.

Criamos um guia completo com dicas práticas para alcançar esse objetivo. Saiba tudo o que você deve fazer até o dia da prova.

Acompanhe!

O que faz uma redação ser nota 1000?

Você não precisa ser o melhor aluno do colégio para ter esse resultado. Basta se esforçar e compreender a lógica do exame.

A redação Enem foi criada para avaliar a sua capacidade de interpretação e escrita. Algo muito próximo à cobrança que você já está acostumado nas avaliações escolares de Português e Literatura.

Para alcançar a nota máxima e se encher de orgulho, você precisa dominar o modelo dissertativo-argumentativo.

O nome desse gênero textual pode assustar, mas fique tranquilo. Esse padrão é muito comum no dia a dia. É um tipo de escrita que pretende analisar um tema e listar argumentos interessantes para defender sua opinião sobre ele.

Selecionamos alguns pontos que você deve observar para ter uma boa nota na redação do Enem.

Título

Apesar de não ser obrigatório, o título é muito bem-vindo na redação. Se você analisar os textos que tiveram nota máxima até o ano passado, notará que boa parte utiliza esse recurso.

Incluir título no texto pode ajudar você a se destacar entre milhares de candidatos quando o corretor examinar a sua produção.

Uma boa receita para um título imbatível é usar o modelo “reafirmação do tema + frase opinativa”. Veja este exemplo que recebeu nota 1000: “Consumo infantil: um problema em escala mundial”.

Com poucas palavras, o autor apresenta o que vai ser falado e ainda deixa claro sua visão. Muito simples e eficiente, não é mesmo!?

Introdução

Você já começou a ler as primeiras linhas de um texto e logo perdeu o interesse? Isso acontece quando a introdução não está cumprindo bem o seu papel.

Uma introdução bem feita deve apresentar o tema que será discutido e prender a curiosidade do leitor até o final.

Uma ótima maneira de começar a passar suas ideias para o papel é contextualizar o assunto com apoio de dados.

Imagine, por exemplo, que o tema da redação Enem é intolerância religiosa. Você pode abrir o seu texto citando pesquisas sobre o número de mortes causadas pelo problema. Pode ainda citar conflitos históricos gerados pela diferença de credo.

Esse é o momento de mostrar todo o seu domínio de conhecimentos gerais. Selecione boas informações para fazer o corretor ler seu texto com outros olhos.

Argumentação

Ter capacidade de discutir um assunto e sustentá-lo com argumentos coerentes é essencial para uma redação nota 1000.

O seu pensamento crítico será posto a prova neste trecho. Tenha bom senso nas razões que você vai apresentar e respeite os direitos humanos.

Normalmente, o segundo e o terceiro parágrafo devem ser dedicados aos argumentos. Fazendo uma divisão simples, o ideal é escrever de 15 a 20 linhas nesta parte.

Aqui também vale destacar dados para contextualizar o que você está dizendo. Isso mostrará ao corretor que você realmente sabe o que está falando.

Conclusão

Você já deve ter ouvido falar deste termo: “proposta de intervenção”. Esta é uma das habilidades exigidas de quem faz a redação Enem.

Em outras palavras, os examinadores querem saber se você é capaz de propor uma solução criativa para o problema citado. Se está preparado para fugir do senso comum e apresentar uma nova interpretação.

A melhor maneira de fazer isso é retomar o assunto brevemente e listar suas sugestões com originalidade.

Quem ignora esse ponto perde 200 pontos automaticamente na correção. Portanto, não dê bobeira!

Elementos de uma boa redação

Agora que você já conhece a estrutura ideal de uma redação nota 1000, vamos falar sobre mais alguns detalhes.

Sabe aqueles cuidados que dão um toque de perfeição ao seu texto? Pois é, criamos uma lista de coisas que podem ajudar a aumentar a sua nota.

Atente-se ao português

Não é nenhuma novidade dizer que para ter nota máxima você precisará estudar gramática, certo!?

O domínio da norma culta do Português é uma das habilidades cobradas no exame. Ou seja, você precisará ficar atento às regras para evitar erros.

Peça ajuda a um professor para identificar quais são suas maiores dificuldades com a língua. Depois de ter acesso a essa lista, coloque os livros sobre a mesa e comece a estudar.

Na internet, existem diversos sites com exercícios práticos ou dicas de português que vão ajudar você a gravar as regrinhas. Quanto mais você praticar, mais craque estará no dia da prova.

Especial Redação Enem: passo a passo para a nota 1000

Cuidado com a coerência e com a coesão

Provavelmente, você já ouviu falar destes dois termos em sala de aula. Mas, muitas pessoas ainda os confundem ou não sabem o que eles querem dizer.

Um texto coerente é aquele que segue uma lógica de argumentos e não cai em contradição. Por exemplo, você começou a falar que bebida e direção não combinam. Logo, não pode terminar a redação defendendo a flexibilização das leis de trânsito. Isso não faria o menor sentido, não é!?

Já a coesão é a arte de manter as ideias bem conectadas. As redações nota 1000 utilizam pronomes e conjunções para ligar os parágrafos entre si. Assim, o leitor tem a sensação que a leitura flui melhor.

Veja um exemplo real:

Além disso, cabe ressaltar que a intolerância às crenças burla preceitos constitucionais. Nessa perspectiva, a Constituição Brasileira promulgada em 1988, após duas décadas da Ditadura Militar, transformou a visão dos cidadãos perante seus direitos e deveres. Contudo, quase 20 anos depois de sua divulgação, a liberdade de diversos indivíduos continua impraticável. À vista de tal preceito, a intolerância religiosa configura-se uma chaga social que demanda imediata resolução, pois fere a livre expressão individual. Dessa maneira, cabe ao Estado, como gestor dos interesses coletivos, a implementação de delegacias especializadas de combate ao sentimento desrespeitoso e, até mesmo violento, às crenças religiosas”.

Mantenha a objetividade

Sim, nós sabemos… nem sempre preencher as 30 linhas da redação é simples. Porém, não adianta “encher linguiça” para ocupar a folha.

Você deve aproveitar o espaço para apresentar suas ideias com objetividade. Quanto mais direto e claro você for, mais interessante ficará o seu texto.

Quem tenta incluir um vocabulário muito formal acaba forçando a barra e perdendo pontos. A simplicidade pode ser o caminho para ter um bom desempenho na redação Enem.

Possíveis temas da redação Enem

O tema da redação do Enem é mantido em segredo todos os anos até o dia da prova. Tanto mistério chega a aumentar a ansiedade dos candidatos.

Basta dar uma rápida pesquisada na internet para ver que há muita especulação sobre o que vai ser abordado na próxima edição.

Apesar de não haver como ter certeza do que será debatido, há alguns assuntos prováveis. Os professores acreditam que a prova de 2019 pode ter como tema:

  • crescimento do conservadorismo na política brasileira;
  • liberação do uso de agrotóxicos;
  • violência contra mulher;
  • homofobia;
  • racismo;
  • novas relações trabalhistas;
  • liberação da terapia com eletrochoque;
  • Estatuto do desarmamento;
  • tragédias ambientais, como o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG);

Como você pode notar, todos os assuntos estão sendo muito discutidos neste ano. Essa seleção é consequência de uma das marcas da prova: priorizar situações atuais.

Em qualquer um dos casos, é possível construir sua argumentação mesclando conhecimentos de diversas áreas do conhecimento.

Pense, por exemplo, nos desastres ambientais. De uma só vez, você pode citar conteúdos de Biologia, História e Geografia para embasar o seu texto.

Como treinar e se preparar para o “dia D”

Depois de tantas dicas, é hora de colocar em prática o que você aprendeu até aqui.

Não existe milagre ou receita de bolo para escrever bem. Dominar a redação Enem exige suor e dedicação.

Alguns hábitos poderão ajudar você a se organizar para o grande dia.

Crie uma rotina de prática

Só se dá bem na redação quem realmente treina ao longo do ano. Não adianta deixar para a última hora. É preciso estabelecer uma rotina de exercícios.

O recomendado é que você escreva pelo menos um texto por semana para se preparar para o exame. Selecione um dia fixo da semana para praticar as dicas que demos aqui.

Leia tudo e em qualquer lugar

Já notou que ler é um hábito? Quando passamos a trabalhar o nosso olhar para observar e interpretar as informações, passamos a ter mais assunto para discutir.

É fundamental se manter informado sobre as últimas notícias do Brasil e do mundo. Você deve, inclusive, buscar opiniões diferentes sobre o mesmo fato para formar sua própria visão.

Não desdenhe nenhum tipo de texto. É possível enriquecer seu vocabulário e estimular a criatividade com conteúdos das redes sociais aos da embalagem da padaria. Passe a adotar esse costume no dia a dia.

Revise seu texto

No calor do momento nem sempre notamos que deixamos passar alguns errinhos. Por isso, é muito importante revisar o texto após terminá-lo.

No dia da prova, você pode começar pela redação e em seguida responder as demais questões. Assim, quando você for passar o rascunho a limpo estará com a cabeça mais fresca para achar pontos de correção.

Outra boa dica é ler apenas o primeiro e o último parágrafo para ter certeza que as ideias estão conectadas. Se eles fizerem sentidos juntos, há grande chance do seu texto estar bem construído.

Crie grupos de discussão com seus amigos

Nem sempre temos facilidade de enxergar o outro lado da história. Por isso, é importante praticar para que o nosso olhar não fique viciado.

Uma maneira interessante de fazer isso é criar um grupo de discussão com os seus amigos. Vale até mesmo utilizar as redes sociais com essa finalidade.

Escolham juntos um tema para ser discutido por semana e deixem que o assunto flua naturalmente. Com mais pessoas dando suas próprias opiniões, você será capaz de analisar o mesmo tema com um novo olhar.

Desta maneira, você aumenta sua capacidade de argumentação e consegue até mesmo formular fundamentos contrários com mais segurança.

Tenha um caderninho de anotações

Você já sabe que deve citar dados para contextualizar seus argumentos. Porém, como lembrar de tudo isso na hora da prova?

Uma alternativa simples é ter um caderninho de anotações de informações úteis. Vá registrando nele tudo o que você achar importante ao longo do ano.

Releia suas anotações uma semana antes da prova. Desta forma, você refresca a memória para arrasar nas citações e impressionar os corretores.

O que deve ser evitado na redação

O Guia de Redação do Enem, organizado pelo MEC, faz uma lista de pontos que devem ser evitados na prova.

Recomendamos que você leia este documento com calma. Porém, como sabemos que a sua rotina de estudos é corrida, fizemos um pequeno resumo do que deve ser evitado:

  • ser preconceituoso e desrespeitar os direitos humanos;
  • escrever menos de 7 linhas;
  • fugir do assunto proposto;
  • citar palavrões e ofender os corretores;
  • escrever o texto à lápis;
  • desenhar na folha de resposta;
  • não seguir a estrutura dissertativa-argumentativa solicitada.

Caso você faça qualquer um destes pontos, pode ter sua redação zerada. Além do constrangimento, isso ainda impedirá que você se candidate a programas como o FIES e o Prouni.

O que não pode faltar no texto

Tão importante quanto saber o que não pode ser feito, é entender o que é obrigatório na redação Enem.

Recapitulando algumas dicas, para escrever uma redação nota 1000 você deve:

  • compreender o assunto citado;
  • ter cuidado com o Português;
  • selecionar bem as ideias que vai apresentar;
  • dominar o modelo de construção argumentativa;
  • apresentar sua sugestão de intervenção para o problema.

Antes de passar o seu rascunho a limpo, lembre-se de checar se todos esses requisitos foram atendidos. Sempre é tempo de melhorar algo que ainda não está perfeito.

E na hora H?

Se você seguir todas as sugestões que reunimos até aqui, não há porque ter medo da prova da redação. Tome cuidado para tensão não bloquear a sua criatividade.

Respire fundo e mantenha a concentração no dia da redação Enem. Separe em torno de uma hora da prova para escrever o seu texto.

Organize seus horários para que seja possível revisar e transcrever o conteúdo para a folha definitiva à caneta. Capriche na letra para que o corretor entenda o que você escreveu.

Temos certeza que se você observar todos os critérios, estará muito mais próximo de criar uma redação nota 1000.

Desejamos sucesso no dia do exame. Aproveite o tempo até a prova para descobrir mais sobre o Enem clicando neste link. Boa sorte!