5 passos para definir metas em 2016

metas

No final do ano, muitas pessoas têm o hábito de fazer planos para os próximos 12 meses que virão. Alguns tópicos se repetem e outros novos chegam, mas o importante mesmo é transformar esses planos em metas e, principalmente, pensar em como alcançar cada um deles. Para ajudar a criar uma lista incrível de metas para 2016, acompanhe essas dicas e que o próximo ano venha com tudo!

 

Passo 1 – Veja novamente a lista de 2015
Melhor jeito de começar, é fazendo um “saldo” de como foi o ano atual. Se ainda faz sentido para você correr atrás de algum plano que não se concretizou em 2015, já temos em mãos os primeiros itens da nova lista.

 

Passo 2 – Filtre as metas que são possíveis de serem alcançadas
É claro que, se você já pensou em uma porção de coisas para fazer em 2016, é porque você tem vontade de fazê-las, certo? Mas só a vontade ainda não é suficiente, as metas têm de ser realizáveis. Por exemplo: se sua meta é fazer uma viagem internacional, mas você ainda não tem grana suficiente, ao invés de colocar como meta a viagem, coloque um valor a ser poupado até o final do próximo ano para ser garantir suas chances de conseguir viajar com tranquilidade no futuro.

 

Passo 3 – Coloque tudo no papel
Escrever é uma ótima maneira de deixar claro quais são suas metas, além de ser um reforço para a memória. Além disso, estabeleça a prioridade de cada uma delas, para saber por onde você deve começar.

 

Passo 4 – Pense nas tarefas que você precisará executar
No caso da viagem, a tarefa necessária para alcançar a meta estabelecida, pode ser poupar um determinado valor todo mês, e para isso, reduzir outras despesas. Pense no esforço que envolve cada uma das suas metas e liste o que você precisará fazer durante o ano.

 

Passo 5 – Acompanhe seus resultados
Para não deixar a sua lista ficar presa em alguma gaveta, o ideal é criar um método para acompanhar o progresso de cada item. Usando o exemplo da viagem mais uma vez, um calendário pode ser usado para registrar os meses em que foi possível guardar o valor estabelecido e os meses em que o orçamento deu uma “escorregada”.

 

Depois de todo esse planejamento, só não se esqueça de um detalhe: como em qualquer situação de planejamento, deve haver espaço para imprevistos e você precisa ser flexível o suficiente para conseguir se adaptar nas novas situações. Boas festas e feliz ano novo!

Comentários

Comentários

Previous Post
Blog -DYI Natal

Criatividade Natalina: Ideias para decoração

Lembra que falamos aqui sobre como a criatividade pode salvar seu bolso nas festas de final de ano? Pois então, se você ainda está pensando ... Read more

Next Post
globes2014_home_page

Globo de Ouro: forte termômetro para o Oscar

*por Jeam Camilo No dia 10 de janeiro, foram revelados os vencedores do 73º Globo de Ouro, prêmio dado pelos correspondentes estrangeiros em Hollywood, forte ... Read more

Deixe uma resposta