Acervo histórico da FECAP ganha curadoria

blog01_prof_miriam

Nós acreditamos que toda boa história merece ser contada e compartilhada e, por isso, para cuidar da história da FECAP, a Prof. Miriam foi a escolhida para ser esta responsável.

Em uma entrevista feita com a professora, perguntamos sobre as suas expectativas e planos com a sua nova função. Confira:

  1. Quais são as suas expectativas e responsabilidades quanto à sua função como Curadora?

Eu espero poder divulgar ao máximo toda a tradição e excelência da Fundação. Como Curadora devo primeiramente revisar o acervo histórico da FECAP e cuidar dele (quando estudamos a origem das palavras, o termo Curador vem de curator, do latim, que quer dizer cuidar de algo, ser o conservador de alguma coisa). Além disso, como Curadora sou responsável por elaborar, organizar e dirigir exposições relativas a esse acervo que cuido e mantenho.

  1. O que isso simboliza para você a respeito da relação entre a história e o presente?

Não é sem razão que a FECAP é uma instituição de ensino de ponta, reconhecida pela qualidade e conhecimento que oferece em todos os seus cursos. Toda a história e percurso da Fundação desembocam no nosso presente e são subsídios para o que somos hoje. A FECAP desde seu início e até hoje transforma vidas oferecendo educação de ponta, formando profissionais extremamente capacitados e fazendo história cotidianamente. Como Curadora tentarei realizar essa ponte entre a rica e pesada história da FECAP com o seu presente.

Campus Largo São Franscisco

Campus Largo São Franscisco

  1.  Como você vê a evolução e o futuro dos Alvaristas e da Instituição com o início desta função?

Vejo que evoluímos muito nessa mais de uma centena de anos e continuamos a formar profissionais éticos, críticos, competentes e orgulhosos de pertencerem à grande comunidade Alvarista. A Instituição desde seu início e até hoje é comprometida com o desenvolvimento de seus alunos e mantém um corpo docente absolutamente qualificado pronto para continuar com a história de excelência da Fundação. Desejo que com o início desta função como Curadora eu consiga contribuir para que os Alvaristas tenham uma visão mais ampla da Instituição, enxergando não apenas o seu presente, mas que se sintam como herdeiros e fazedores da história e da tradição de excelência da FECAP.

  1. Quais são os desafios que pretende superar?

Tenho muitos planos para serem colocados em prática. Estudei em algumas instituições ao redor do mundo e essa bagagem me deu muitas ideias que são possíveis de serem colocadas em funcionamento aqui. Meu maior desafio é correr contra o tempo para que todos esses projetos saiam do papel e possam ser executados o quanto antes. Pretendo com isso dar o devido reconhecimento à FECAP tanto internamente quanto externamente e divulgar ao máximo toda sua tradição, história e excelência em tudo o que faz.

 

Desejamos-lhe boa sorte nessa nova etapa!

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta