FECAP e a Ordem dos Economistas do Estado de São Paulo

blog01 (1)

Você sabia que a Ordem dos Economistas do Estado de São Paulo surgiu na FECAP?


Isso mesmo! A primeira turma de bacharéis da Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo, da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, e membros do Instituto Paulista de Contabilidade organizaram-se para fundar a Ordem dos Economistas de São Paulo, como entidade representativa dos bacharéis em economia de São Paulo.

A data da fundação foi 11 de janeiro de 1935, e a Ordem instalou-se em duas salas cedidas pelo Instituto de Contabilidade, no Edifício Martinelli. O patrimônio era uma máquina de escrever doada pelo professor Horácio Berlinck, diretor da Faculdade de Ciências Econômicas, e um arquivo doado por Paulino Baptista Conti, um dos trinta e quatro formandos da nossa primeira turma.

Alguns bacharéis dessa turma de ciências econômicas também pertenciam ao Instituto de Contabilidade, como Frederico Hermann Jr., Oswaldo Campíglia, Paulino Baptista Conti, Ferdinando Rubano, Francisco de Benedictis, Jorge M. Abdalla e Milton Improta.

Os membros da Comissão Executiva para organizar a Ordem, assim como sua primeira diretoria, eram todos pertencentes à turma de bacharéis em ciências econômicas da FECAP, formada em 1934. O presidente honorário era Horácio Berlinck, e os diretores e professores da FECAP, tiveram participação ativa na Ordem, tanto em cargos diretivos, como nas atividades.

O símbolo adotado pela Ordem dos Economistas tornou-se o mesmo que o da Faculdade de Ciências Econômicas. Pode-se vê-lo no álbum dos formandos e é símbolo até hoje da Ordem dos Economistas do Brasil.

A divulgação do novo e até então desconhecido trabalho dos economistas foi feita por eventos, congressos, palestras e seminários e também por publicações. Em 1937, saiu a coletânea ‘Economia Aziendal’, cujos artigos procuraram aproximar a contabilidade da economia; e, em 1939 foi lançada pela Ordem dos Economistas a Revista de Ciências Econômicas, cujo número 1, de maio/junho de 1939, postou artigos que definiram o campo científico da economia. Ainda naquele ano, foi organizada, no Rio de Janeiro, a primeira Semana do Economista. A segunda foi no ano seguinte, em São Paulo, organizada pela Ordem, com muitas atividades no prédio da FECAP, no Largo São Francisco.

Quer saber mais? Visite! http://www.oeb.org.br

 

_DSC0145

Miriam Vale – Doutora e mestre em administração de empresas, na linha de Estudos Organizacionais da Fundação Getúlio Vargas. Concluiu graduação em Administração pela Universidade de São Paulo (USP) em 2007, sendo que passou um ano em intercâmbio estudando na Universidade de Maastricht e Universidade de Coimbra. Atuou em empresas privadas de telefonia celular e bancos. Atualmente é professora na graduação da FECAP, onde também atua como Curadora do Acervo Histórico.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta