Bem vindos!

blog01

É com muito #OrgulhoAlvarista que publicamos esse post, logo após o retorno às aulas, tanto do Colégio quanto da Graduação. Este texto destina-se especialmente àqueles que acabaram de entrar na FECAP!

Se você já ouviu a genial música composta por Dona Ivone Lara que diz “alguém me avisou pra pisar nesse chão devagarinho”, lembre-se sempre desses versos ao entrar em nossa Fundação. E você, caro ‘bixo’, deve estar se perguntando:  “Por quê?!”. Já lhe explico! Em primeiro lugar, tenha em mente que faremos 115 anos em 2 de junho!  Portanto, muito respeito com essa “jovem senhora”, cheia de histórias incríveis.

Começamos em uma época em que não havia indivíduos devidamente capacitados para trabalhar nos negócios industriais ou comerciais de nossa cidade. Além disso, vocês devem ter em mente que a cidade de São Paulo era extremamente provinciana ainda – muito diferente da vasta e cosmopolita metrópole de hoje. Muitas das pessoas que moravam aqui eram imigrantes de lugares longínquos, que não tinham acesso à educação e praticamente não falavam português! Aliás, nem sabiam escrever e ler direito em sua própria língua!

Pergunta-01O desejo de instalar uma Escola de Comércio em São Paulo remonta ao final do século XIX, e foi possível apenas pela dedicação e perseverança de homens como Horácio Berlinck, João Pedro da Veiga Filho, Antonio de Lacerda Franco, Frederico Vergueiro Steidel e, é claro, o Conde Antônio Álvares Leite Penteado (contaremos em breve a história dessas figuras históricas, mas você pode dar uma olhada na história daquele que foi homenageado com o nome de nossa Fundação).

Esses indivíduos enxergaram que era preciso desenvolver o ensino comercial no País e resolveram fazer um dos primeiros endowments do Brasil, para que a Escola Prática de Comércio saísse do mundo das ideias e virasse realidade. Saiba que endowment é uma espécie de crowdfunding, ou melhor, a boa e velha “vaquinha” que fazemos com amigos ou pessoas que querem o mesmo que nós, mas não temos grana para fazer acontecer sozinhos.

Pois bem, desde 1902, quando conseguiram fazer a “vaquinha” e finalmente tirar do papel o sonho de que São Paulo tivesse uma Escola Prática de Comércio, até os dias de hoje, temos contribuído diariamente para formar profissionais plenamente capacitados em diversas áreas de negócios.

01Temos muito orgulho em ser um instrumento de mudança de vida de nossos alunos por meio de uma educação de excelente qualidade. E não pense que isso é só mais um discurso bonito não! Saiba que pelos corredores da FECAP tivemos gente de que com certeza você já ouviu falar, como Mário de Andrade, ou João Moreira Sales, que fundou o Unibanco. E não para por aí não! Quando nos comparamos com outras instituições de ensino, podemos nos considerar na vanguarda, pois não discriminávamos, nem descriminamos, ninguém, nunca negamos uma chance de estudar.

Imaginem só que Harvard demorou (pasmem!) 243 anos para aceitar que mulheres poderiam estudar lá… Recomendamos que revisite a história de Maria Leal, que se formou na segunda turma de contadoras, em 1918, e também releiam o post sobre dona Ruth Cardoso, que foi nossa professora, exemplos de que desde sempre acolhemos toda e qualquer pessoa.

Assim, queremos que você seja contagiado por esse “vírus”, presente em nós desde nossos fundadores, e nos ajude a construir o que será escrito nas próximas décadas. Temos plena certeza de que nossa Instituição continuará cheia de tradição, conhecimento e respeito pela educação. E ficaremos felizes demais quando, daqui a alguns anos, vocês retornarem à FECAP e nos contarem seus feitos, presenteando-nos com carinho e histórias de vida, como fizeram nossos ex-alunos da década de 60, que até formaram uma banda. O presente deles para todos nós foi nos contar que na FECAP encontraram amigos para a vida toda e que nunca se esqueceram do Hino Alvarista, que era ensinado nas aulas de Canto Orfeônico. Gravamos o quarteto em nosso Teatro e foi com muito #OrgulhoAlvarista que apresentamos o hino em primeira mão aqui.

Então, Alvaristas e neo-Alvaristas, da próxima vez que adentrar pelos gloriosos portões de nossa Fundação, lembrem-se de “pisar nesse chão devagarinho”, com respeito e muito orgulho pelo que representamos, não só em nossa cidade, mas em nosso país! E que, especialmente, você, assim como tantas gerações que já entraram pelos nossos portões, considere que a FECAP verdadeiramente é seu “santo abrigo”, seu “lar amado”. E… não se esqueça de nos contar por que você tem #OrgulhoAlvarista…

Faça sua história, faça amigos por aqui, faça a diferença e viva intensamente para sempre como um bom Alvarista! Você será sempre bem-vindo na sua, na nossa Fundação!

Miriam Vale_DSC0145 – Doutora e mestre em administração de empresas, na linha de Estudos Organizacionais da Fundação Getúlio Vargas. Concluiu graduação em Administração pela Universidade de São Paulo (USP) em 2007, sendo que passou um ano em intercâmbio estudando na Universidade de Maastricht e Universidade de Coimbra. Atuou em empresas privadas de telefonia celular e bancos. Atualmente é professora na graduação da FECAP, onde também atua como Curadora do Acervo Histórico.

Comentários

Comentários

Previous Post
blog01

Quem é Hermes?

Provavelmente você já se pegou pensando quem é o senhor de cabelos encaracolados e capacete alado que estampa toda a comunicação da nossa Fundação, não ... Read more

Next Post
blog01

Treinos Abertos e Seletivas | Atlética FECAP

A universidade é uma fase marcada por momentos memoráveis e únicos. Vestir a camisa pode ser uma delas, já pensou? Confira os horários das seletivas ... Read more

Deixe uma resposta