Você realmente sabe o impacto de cada palavra?

Tudo o que falamos cria uma reação na vida de todos que estão em nossa volta, sejam eles conhecidos ou não, portanto, cabe somente a nós decidir se a influência que será causada será positiva ou negativa. Afinal, quantas coisas você já falou sem se importar em como a outra pessoa vai receber essa informação? Empatia. Entender o significado dessa palavra pode fazer uma mudança gigante no mundo, em todas as esferas possíveis. Falta empatia.   Não pense que a falta de empatia está somente em quem emite a mensagem.

Analise a seguinte situação:

Você entra em um grupo de WhatsApp com várias pessoas e uma delas começa a atacar verbalmente um terceiro que não está no grupo. Você se cala. Você também é culpado ilicitamente, você foi omisso. A partir do momento em que você se cala diante de uma situação onde você tem o poder de interferir o rumo dela, você está concordando com o que está sendo dito, e você assume nesse momento uma parcela da culpa. Administradores e participantes de grupos no WhatsApp tem tanta responsabilidade sobre o que é dito quanto quem diz. Todos possuem a obrigação de gerenciar a situação e evitar comentários com tendência a se transformar em bullying.

O que pode ser feito?

Apesar de não existir (infelizmente) uma receita mágica para transformar o comportamento das pessoas e fazê-las ter empatia com o mundo, podemos dar alguns passos em direção a isso:
  1. Se você gerencia algum grupo de WhatsApp, adicione algumas regras de conduta na descrição do grupo e sempre que adicionar alguém novo, lembre a pessoa de estar ciente delas.
  2. Se mesmo assim alguém fugir da conduta correta, peça para a pessoa apagar a mensagem e alerte que as regras do grupo devem ser seguidas.
  3. Para incentivo, deixe todos cientes de que todas as mensagens são provas, portanto, se qualquer denúncia ocorrer a partir de algo que foi dito, haverão consequências.
Todos nós podemos fazer a nossa parte para tornar o mundo um lugar melhor, basta querer! Diga não ao bullying.

Pratique o bem, pratique o amor!

Deixe uma resposta