Conseguir se destacar na multidão é cada vez mais importante no mercado de trabalho. Mesmo a pessoa mais competente e qualificada encontra dificuldades se não transmitir suas qualidades de forma clara. Por isso, vale a pena caprichar na montagem de seu perfil profissional.

Ter essa preocupação faz do seu currículo um importante aliado na busca por melhores colocações — ao invés de um documento burocrático que nem você gosta de ler, quem dirá um recrutador ou outro responsável por bater o martelo na hora da contratação.

Para ajudar nessa tarefa, vamos abordar tudo o que você precisa saber sobre perfil profissional: desde o mais básico (o que é?) até dicas para fazer aquele perfil que vai alavancar suas chances de garantir a vaga que mais deseja.

O que é perfil profissional?

Perfil profissional nada mais é do que um breve texto de apresentação que deve ser incluído no começo de seu currículo. É como um cartão de visitas, descrevendo suas habilidades e os principais pontos da sua carreira.

Em geral, esta composição vem logo abaixo dos seus dados pessoais e acima da descrição das experiências anteriores. Dessa forma, o avaliador terá uma impressão inicial de você enquanto candidato àquela vaga antes mesmo de analisar suas qualificações.

Além de expressar as suas qualidades, também é importante destacar neste texto qual é o seu objetivo profissional. Deixar isso bem claro para o recrutador aumenta as chances de você ser classificado positivamente caso esteja dentro dos parâmetros esperados pela empresa.

Importância do perfil profissional

A função do perfil profissional é ser um atalho para seu currículo se destacar nas mãos dos responsáveis pela seleção de pessoal. Mas por que essa necessidade?

O principal motivo é o volume de interessados que precisam ser filtrados — e o tempo que os recrutadores têm para processar tudo isso. Em muitos casos, seu currículo será avaliado em menos de um minuto. Se as informações não estiverem bem claras, é bem possível que elas passem despercebidas mesmo para um olho treinado.

Além disso, a presença de um objetivo de carreira em realce ajuda o profissional de recursos humanos a identificar a compatibilidade entre a vaga e o candidato. Se perceberem uma disparidade muito grande entre os dois, a análise pode se encerrar por ali. Uma visão de futuro bem similar, porém, pode ser o bastante para você avançar nesse processo.

Aliás, esse é um detalhe importante para a construção do seu perfil profissional. Ter boas qualificações é um bom ponto de partida, mas muitos lugares preferem focar em atributos como a cultura da empresa na hora de selecionar um novo contratado. Principalmente quando os candidatos têm experiências bem similares.

Como construir um bom perfil profissional

Com todas essas considerações, começa a ficar claro o que é indispensável em um perfil profissional. As dicas a seguir são um caminho bem definido para você não errar na hora de construir um texto desse tipo:

  • Vá direto ao ponto: um perfil profissional muito longo não vai ser lido pelo recrutador — lembre-se do tempo dedicado a cada currículo. Por isso, escolha apenas os principais aspectos para sua descrição. Estruturar em tópicos pode ser uma boa opção;
  • Evite clichês: nada de “sou uma pessoa proativa e comunicativa”. Os avaliadores reconhecem esses chavões e descartam quem se apoia neles em excesso. Descreva sua competências de forma clara, relacionando-as com sua área de atuação;
  • Seja franco: a tentação pode ser grande, mas não é prudente exagerar seus atributos. Deixe bem claro o nível de conhecimento em diferentes recursos (ferramentas que domina, fluência em outros idiomas, etc) para dar ao empregador a ideia correta sobre as suas competências;
  • Descreva suas conquistas: resultados concretos são sempre bem-vindos. Vale colocar prêmios ou contribuições decisivas para o sucesso de outra empresa que você já passou — desde que estejam relacionados à vaga e ao objetivo definido;
  • Seja específico: a melhor descrição é aquela que não deixa espaço para dúvida. Se for descrever uma área de atuação, coloque sua especialidade ou foco dentro dela. Para o uso de uma ferramenta, mostre o grau de familiaridade que tem com ela. Para a fluência em outro idioma, destaque o exame que comprove isto;
  • Disponibilidade: caso seja necessário para a vaga, adicione também a disponibilidade para mudança de cidade ou viagens a trabalho, como também os períodos que você pode se dedicar àquela atividade.

Perfil profissional e empregabilidade

Já citamos o fato das empresas avaliarem mais do que apenas as experiências profissionais e o grau de instrução dos candidatos na hora de preencher uma vaga disponível. Um conceito relacionado a isso é o de empregabilidade, que mede quanto as habilidades e competências de uma pessoa a tornam adequada dentro do mercado de trabalho.

São características importantes para a empregabilidade a adequação vocacional, competência profissional, idoneidade, saúde física e mental, reserva financeira e os relacionamentos pessoais. A combinação entre esses atributos, atuando em conjunto, vai ser importante para definir como a pessoa se encaixa no que a empresa pretende construir.

E o que isso tem a ver com o perfil profissional? Um bom texto de apresentação deve indicar várias dessas características. Seja de forma direta, principalmente no que se refere a adequação à vaga e as competências profissionais, ou mesmo de forma indireta.

Ter acesso a essas informações já no currículo vai adiantar a análise do recrutador. Com isso, é possível que você comece o processo um passo à frente de outros candidatos.

perfil-profissional

Benefícios com bom perfil profissional

Escrever o perfil profissional com cuidado e atenção pode ser o diferencial para você conquistar aquela vaga que você busca a tanto tempo. Isso porque ele preenche vários requisitos apontados pelos especialistas como fundamentais para se fazer notar em um processo seletivo:

  • Atrai a atenção: aquele resumo já na primeira parte do currículo se destaca em relação ao resto do conteúdo e aumenta as chances de ser lido pelos avaliadores;
  • Facilita o trabalho do RH: reunir todas as informações em um único trecho faz com que os responsáveis pelo processo tenham acesso ao mais importante de maneira imediata;
  • Aumenta chance de seleção: a clareza na descrição também torna mais provável que o recrutador aprove seu currículo.

Encante os recrutadores

Ter um perfil profissional adequado em seu currículo é uma preocupação que pode render bons frutos na sua carreira. É importante também estar atento à diferença entre as várias vagas que você pode se candidatar.

É necessário reescrever este trecho sempre que perceber uma divergência significativa entre o que cada empresa está buscando para compor seus quadros.

Agora você está pronto para conquistar sua vaga! E você ainda pode mais. Inscreva-se na newsletter da FECAP e tenha acesso a conteúdos exclusivos para te deixar cada vez mais preparado para a vida profissional.