Na era da comunicação, o profissional de Relações Públicas é peça-chave para qualquer negócio. 

Responsável por tudo o que está relacionado à comunicação institucional, o RP reúne uma série de funções e habilidades que o permitem zelar pela reputação das empresas. 

Entre as funções desse profissional, estão: criar canais seguros e eficientes de diálogo com clientes, fornecedores, parceiros e funcionários. Também deve planejar estratégias de aproximação com o público interno e externo.

Quem se forma em Relações Públicas pode trabalhar em diferentes setores e áreas de atuação. Continue a leitura e saiba tudo sobre o assunto!

O profissional de Relações Públicas: entenda quem é e o que faz

O profissional de Relações Públicas é quem cuida da imagem das empresas, inclusive nos momentos de crise.

Através de ações estratégicas de comunicação, é a pessoa responsável por garantir a boa reputação das corporações. Age para aproximar os indivíduos, estabelecer novos laços e criar relações inteligentes, saudáveis e cada vez mais sólidas.  

Na prática, o RP, como é conhecido, é uma espécie de ponte. É quem faz o elo de ligação entre a empresa e o público, seja interno (funcionários) ou externo (consumidores, fornecedores e parceiros).

8 possíveis áreas de atuação para quem se forma em Relações Públicas

Quem se forma em Relações Públicas pode atuar em diferentes cargos e ramos do mercado.

É possível trabalhar em organizações e empresas privadas, dos mais variados segmentos, ou por conta própria. O profissional também pode oferecer serviços e consultorias em comunicação institucional ou cuidar do próprio empreendimento.

Confira a seguir 8 possíveis áreas de atuação em Relações Públicas.

1. Relacionamento com o cliente: lidando com os feedbacks

Essa é uma área que se dedica à comunicação direta com os clientes.

Através de atendimentos, reclamações, feedbacks e necessidades apresentadas pelo público, os profissionais atuam na promoção de melhorias na qualidade dos produtos e serviços oferecidos.

2. Comunicação institucional: política interna, objetivos e valores

Setor responsável pela divulgação e produção de conteúdos relacionados à política, valores, objetivos e informes internos de empresas e organizações. Tanto para o público externo quanto para o público interno.

O profissional dessa área também atua no desenvolvimento de canais e estratégias de comunicação institucional.

3. Eventos: logística, produção e execução

Essa área é destinada a profissionais que curtem fazer o planejamento, logística, produção e execução de eventos institucionais.

O RP trabalha na organização de palestras, exposições, coquetéis, recepções e outras solenidades para promoção da empresa.

4. Pesquisa de opinião: comunicação estratégica

Setor responsável pelo desenvolvimento e aplicação de pesquisas de opinião para o público interno e externo das empresas.

O objetivo é levantar informações diversas que possam contribuir na criação de planos inteligentes de comunicação.

5. Projetos institucionais: parcerias, projetos e ações sociais

É a área responsável pela gestão de projetos e parcerias institucionais, na maioria das vezes de cunho social.

O profissional de Relações Públicas atua na análise das propostas de parceria,     garantindo que estejam alinhadas à filosofia e aos objetivos da empresa.

6. Redes sociais: planejamento e produção de conteúdo nas plataformas digitais

Os profissionais que se dedicam às redes sociais são responsáveis pelo planejamento e produção de conteúdo nas plataformas digitais.

Eles também realizam o monitoramento de comentários e demais formas de comunicação e interação virtual com os internautas.

7. Relações governamentais

Esse é o setor que cuida do relacionamento das organizações ou empresas com o governo.

O profissional da área atua na elaboração e planejamento de ações estratégicas de relacionamento com a instituição governamental e suas autoridades.

8. Assessoria de imprensa: mídia e opinião pública

O RP que atua na assessoria de imprensa trabalha na comunicação da empresa com a mídia e outros formadores de opinião. Também faz a divulgação de conteúdos e serviços.

O objetivo é garantir uma imagem positiva perante o público, além de evitar ou responder a possíveis crises de imagem e reputação.

Descubra o que o profissional de Relações Públicas pode fazer dentro de uma organização

Dentro das organizações, o profissional de Relações Públicas pode exercer diferentes funções, sejam elas administrativas, políticas ou de mediação.

Todas essas ações têm o objetivo de zelar pela imagem das empresas, construir relacionamentos inteligentes e garantir a boa aceitação do público com relação aos negócios, produtos ou serviços oferecidos.

Funções de um RP

Preparamos uma lista com as principais funções exercidas por um RP dentro de uma organização. Confira a seguir:

  • Planejamento estratégico de comunicação online e offline
  • Comunicação institucional
  • Auditoria e pesquisas de opinião pública
  • Gestão de contatos e relacionamento com os públicos da organização
  • Gerenciamento de crises
  • Produção de conteúdos
  • Comunicação interna
  • Produção de eventos  
  • Comunicação pública e cívica
  • Relações governamentais
  • Media training
  • Promoção de eventos
  • Logística
  • Recall

Por que é importante ter um profissional de Relações Públicas na equipe?

Na era da comunicação, ter um profissional de Relações Públicas na equipe é fundamental para o sucesso de qualquer empresa, seja ela pública ou privada.

Além de cuidar da reputação, o RP é responsável por analisar a situação geral da empresa e elaborar um plano estratégico de comunicação. 

O objetivo do profissional é garantir que toda comunicação corporativa aconteça de forma clara e direta, evitando ruídos ou falhas que possam gerar uma crise.

RP e marketing: visibilidade e vendas

Além de trabalhar na construção de uma imagem sólida e positiva perante o público, o RP fortalece os vínculos e relacionamentos e tem uma relação direta com o marketing

Dessa forma, o profissional contribui para ampliar a visibilidade da marca, aumentar as vendas e captar novos clientes.

Curso superior em Relações Públicas: aumente suas vantagens competitivas no mercado de trabalho

Quem tem um diploma em Relações Públicas têm mais chances de se dar bem no mercado de trabalho. E vamos explicar o motivo.

Em primeiro lugar, para atuar legalmente na área é preciso ser registrado no Conselho Regional de Relações Públicas. Para isso, o diploma da graduação é pré-requisito obrigatório.

Em segundo lugar, o curso superior de Relações Públicas oferece a capacitação necessária para que os formandos atuem com excelência no mercado.

Graduação em Relações Públicas: invista em qualificação profissional

Durante a graduação em RP, os estudantes têm acesso a diversas ferramentas e conhecimentos diferenciados. Isso sem falar na oportunidade de fazer networking, ampliar a rede de contatos e conseguir boas indicações e parcerias no futuro.

Em um mercado de trabalho cada dia mais competitivo, sai na frente quem consegue se destacar! 

Por isso, para construir uma carreira de sucesso, o primeiro passo é investir em qualificação. Um profissional formado em RP certamente tem mais vantagens competitivas.

Profissional de Relações Públicas: diferentes possibilidades de carreira e atuação.

Agora você já sabe tudo sobre o profissional de Relações Públicas. 

Peça-chave para o sucesso de qualquer organização, o RP é responsável pela comunicação institucional, garantindo a boa reputação das empresas perante o público.

Quem se forma na área conta com diferentes possibilidades de carreira de atuação.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o Raio-X das Relações Públicas e descubra mais sobre o profissional e a área.