Organizar seu quarto de estudos pode ser uma tarefa divertida e com grande impacto na sua produtividade.

Ter um cantinho bem estruturado para estudar gera bem-estar e conforto. Além disso, permite que você se concentre mais para aprender as matérias.

Pensando nisso, listamos algumas dicas práticas para redecorar o seu ambiente, sem perder de vista a funcionalidade. Mãos à obra!

BAIXAR AGORA!

Como preparar seu quarto de estudos

Você não precisa ter um super escritório todo montado para se sentir eficiente. Basta usar a criatividade para criar um ambiente de estudos no seu próprio quarto.

Ah! E se você já está pensando em quanto isso pode custar, fique tranquilo. Há muitas formas de redecorar o seu lar sem desembolsar muito dinheiro.

Saiba por onde começar a transformação para criar um local propício ao aprendizado:

1. Organize a sua bancada de estudos

Um erro muito comum de quem está começando a estudar de casa é usar mesa de jantar para esses fins. 

Essa escolha compromete o bem-estar porque, na maioria das vezes, esses móveis não foram pensados para uso contínuo. Logo, os assentos não costumam ser ergonômicos.

Sempre que possível, é melhor optar por uma mesa exclusiva para essa finalidade no seu quarto de estudos.

Há três tipos de móveis para atender os mais variados gostos:

  • escrivaninhas;
  • bancadas volantes;
  • mesas auxiliares.

Seja qual for a sua opção, preste atenção à largura do móvel. É necessário que ele tenha pelo menos 1 metro para acomodar bem um notebook e um livro aberto. 

Outro detalhe importante é prestar atenção na altura do tampo. A medida não deve ultrapassar 75 cm para que uma pessoa média mantenha os pés no chão quando estiver sentada.

2. Compre uma boa cadeira

Por falar em assento, lembre-se que você passará boa parte do dia sentado. Por isso, a escolha da cadeira é fundamental para que se sinta bem.

Sabe aquela dor na coluna sem motivo aparente? 

Ela pode estar sendo causada pela sua postura na cadeira em que você está acomodado.

Esse é um tipo de compra em que o preço não deve ser o único critério de decisão. Na dúvida, é melhor juntar mais um pouquinho para investir em um assento com melhor custo-benefício.

Fuja das opções muito baratas. Provavelmente, elas não têm a durabilidade que você precisa. 

Prefira as cadeiras estofadas ou com revestimento em couro, pois ambas têm melhor qualidade.

Dê preferência para modelos que tenham regulagem de altura, encosto para o braço e rodízio. Assim você poderá ajustar a configuração de acordo com a proporção do seu corpo.

3. Ajuste a iluminação

Ninguém merece estudar na escuridão, não é mesmo? 

Por isso, cuidar da iluminação do seu quarto de estudos é um fator decisivo no sucesso das suas aulas remotas.

Monte a sua mesa próximo à janela para que entre muita luz natural no cômodo. Assim, além de economizar energia, você se sentirá mais disposto a estudar.

Caso a incidência de luz seja muito alta em alguns horários, instale cortinas e persianas leves para limitar a claridade.

Agora, se você trabalha o dia todo e estuda à noite, é recomendado investir em luminárias para evitar sombras.

Aqui vale contar uma curiosidade: você sabia que lâmpadas de LED brancas são mais estimulantes dos que as amarelas? Isso porque esse tipo de iluminação nos deixa mais acordados e ajuda a se debruçar sobre os livros.

Além disso, as luzes de LED ainda possuem outra grande vantagem: esquentam menos o ambiente. Logo, colaboram para a manutenção do conforto térmico.

Quarto de estudos - dicas

4. Afaste as distrações

Se você deseja realmente aprender, você precisará afastar todas as distrações do seu quarto de estudos.

Isso significa que você precisará, inclusive, ter força de vontade para resistir às notificações do celular e manter o foco

Mantenha seu aparelho telefônico longe da bancada de estudos para evitar que você o cheque a todo momento.

Caso você tenha uma televisão no quarto, sente-se de costas para ela para resistir à tentação com mais empenho.

Ah! Seja forte e resista bravamente ao impulso de dar só uma cochilada rápida na sua cama. Na maioria das vezes, as pessoas têm dificuldade para pôr limites no sono e acabam dormindo mais do que esperavam.

O que era para ser uma soneca rápida pode se transformar em um grande pesadelo para a sua produtividade.

5. Tenha tudo ao alcance das mãos

Utilize caixas organizadoras, porta-lápis e porta-objetos para separar os itens de uso por categoria e utilidade.

Ter tudo o que você precisa ao alcance das suas mãos evitará que você se disperse e abandone os livros.

Antes de começar a aula, pense em quais materiais você precisará usar. Assim, poderá separar o que for necessário com antecedência.

Logo após o uso, lembre-se de guardar os objetos nos locais corretos. Mais importante do que dar o primeiro passo na organização é manter esse hábito como parte do dia a dia.

6. Deixe o seu cantinho com a sua cara

É muito gostoso olhar ao redor e ver que o ambiente que você está é a sua cara. Portanto, essa dica não poderia faltar na nossa lista.

Dê destaque a objetos pessoais, fotos e bibelôs que contem um pouco sobre você. Decore o local ao seu redor de acordo com o seu gosto pessoal.

Esqueça a opinião dos outros e crie um ambiente que tenha tudo a ver com você. Afinal, estar em um local com o qual você se identifica vai lhe dar mais prazer.

Quarto de estudos organizado: aumente sua produtividade

Viu como é possível mudar poucos pontos e deixar o seu quarto de estudos muito mais aconchegante?

Todas as dicas listadas acima são de fácil adoção e tem um custo baixo. Por isso, você pode se programar para aplicá-las o quanto antes.

Investir na criação de um ambiente adequado pode mudar o resultado dos seus estudos no final do dia. 

Preste atenção nos detalhes e deixe a sua marca na decoração. Logo logo você passará a colher os resultados dessa mudança no seu aprendizado. 

E aí? Curtiu as sugestões? Aproveite o tempo livre para se distrair com o Jogo das Profissões e descobrir qual carreira mais combina com você.

BAIXAR AGORA!