A prova de Matemática no Enem reúne 45 questões, por isso, tem um peso importante na nota final.

Se você tem calafrios só de pensar nisso, chegou ao lugar certo. Neste post, vamos dar dicas práticas de como estudar para essa parte do exame.

Acompanhe até o final para aprender a organizar a sua rotina de aprendizagem!

Como é a prova de Matemática no Enem

Ao contrário do que muitos pensam, a complexidade da prova de matemática no Enem não é tão alta.

As questões são desenvolvidas para testar a habilidade do candidato nas operações básicas (adição, subtração, multiplicação e divisão). Todos esses conteúdos fazem parte da grade curricular do Ensino Fundamental.

A partir deles, é possível desenvolver uma série de cálculos que podem ou não exigir o uso de fórmulas.

Cada pergunta é criada para:

  • avaliar o raciocínio lógico do candidato;
  • sondar sua capacidade de análise;
  • entender seu domínio dos princípios básicos da disciplina;
  • verificar sua capacidade de interpretação de dados;
  • checar seu entendimento sobre informações complementares como gráficos, tabelas e infográficos;
  • pesquisar a capacidade do aluno de cruzar conteúdos de diferentes disciplinas – a chamada interdisciplinaridade.

O atual modelo do Enem foi implantado em 2009. Uma análise feita de lá para cá revela que os fundamentos matemáticos são predominantes na prova. Assim, é possível alcançar um bom resultado nessa parte do exame com o domínio desses assuntos.

Como ter um bom desempenho no exame

Você já deve ter ouvido falar que as questões do Enem são construídas para eliminar o chute nas respostas, certo!?

Esse conceito se aplica com ainda mais intensidade quando o assunto é a prova de matemática.

Não basta ter todas as fórmulas decoradas na ponta da língua. É fundamental que o candidato entenda o porquê daquela conta ser feita de determinado modo. 

Por isso, quem está estudando para o exame deve se preocupar em compreender todo o contexto do cálculo. Dominar as etapas de cada conta é fundamental para aplicar o conhecimento em diferentes questões.

Antes de sair chutando as respostas, lembre-se que a TRI penaliza esse tipo de comportamento.

Além disso, esse hábito pode ser ainda mais prejudicial se você vai prestar vestibular para cursos de Ciências Exatas. Caso você não saiba, o sistema do Enem atribui pesos diferentes de acordo com a faculdade que o aluno concorrer.

Por exemplo, a prova de matemática tem grande peso para quem quer seguir carreira como engenheiro civil. Mas não tem a mesma importância para quem deseja cursar Enfermagem.

Logo, errar muitas questões de matemática no exame é mais prejudicial para quem quer ser engenheiro. 

Como estudar para a prova de matemática

Como estudar para a prova de Matemática no Enem

Agora você já entendeu a lógica de pontuação da prova e o que ela cobra. É hora de organizar seu plano de estudos.

Coloque em prática as dicas que vamos dar a você:

1) Revise os conteúdos básico

Como já dissemos anteriormente, a prova do Enem costuma exigir domínio dos fundamentos da matemática. Por isso, recomendamos que você revise esses conteúdos assim que possível.

Não tenha medo de expor que você tem alguma dúvida que pode parecer de iniciante. Procure um professor para ajudá-lo a identificar o que você precisar estudar com mais frequência.

É fundamental saber:

  • somar;
  • subtrair;
  • dividir;
  • multiplicar;
  • fazer operações com números decimais;
  • entender frações.

2) Faça simulados

Teoria e prática não podem andar desunidas. Após a revisão teórica dos conteúdos básicos, sugerimos que você faça download de simulados anteriores e comece a resolvê-los.

Quanto mais você praticar, maior a chance será a chance de dominar a habilidade exigida na questão. 

Os simulados são fundamentais para que você treine a sua capacidade de gerir o tempo de prova. Além disso, ajudam a se preparar para a pressão do dia do Enem. 

3) Resolva exercícios

Se houver uma receita do sucesso quando o assunto é matemática, é essa: faça exercícios! 

A prática leva à excelência. Logo, quanto mais atividades você resolver, mais seu cérebro estará apto a fazer as ligações que precisa.

Intercale a resolução dos simulados com uma dose generosa de questões para solucionar. Assim, você se certifica que realmente aprendeu o conteúdo. 

4) Priorize os assuntos mais cobrados

O conteúdo cobrado pelo Enem pode assustar os candidatos devido à sua extensão e variedade. Por isso, é tão importante ter um roteiro de estudos que servirá como guia no dia a dia. 

Uma rápida busca pela internet pode resultar em diversos resultados de modelos prontos. Eles podem servir como pontapé inicial para criação da sua rotina, mas não devem ser seguidos cegamente.

O ideal é se orientar por eles. Priorize os assuntos mais cobrados e a áreas relacionadas com a graduação que você quer cursar. 

Organize a sua rotina de forma a dedicar mais tempo aos assuntos com os quais você tem mais dúvidas.

Como estudar para a prova de Matemática no Enem

5) Treine sua interpretação

Pode parecer estranho, mas estudar português é essencial para se dar bem na prova de matemática no Enem.

Muitas questões trazem gráficos e tabelas que exigem domínio da habilidade de interpretação de texto. Portanto, é muito importante ter familiaridade com esse tipo de dado. 

Comece praticando no dia a dia. Ler matérias de economia nos jornais pode ser uma boa forma de praticar. As reportagens nestes cadernos costumam incluir recursos visuais para complementar as informações. 

6) Deixe a calculadora de lado

Não adianta treinar para a prova usando a calculadora constantemente. Esse é um grande erro, já que no dia do exame você não terá acesso a ela.

Passe a fazer as contas em uma folha de rascunho. Seja organizado e mantenha os dados alinhados da forma com que façam sentido.

Dessa maneira, além de treinar sua habilidade de raciocínio, você ainda se prepara para otimizar seu tempo no exame.

Mãos na massa

Agora que você já sabe por onde começar a se organizar, é hora de pôr as mãos na massa

Mesmo faltando pouco tempo, é possível se dedicar para arrasar na prova de matemática no Enem. 

Comece a colocar as dicas em prática. Equilibre o tempo de estudos com atividades de lazer e relaxamento para potencializar os resultados. Temos certeza que o esforço valerá a pena quando você ver a sua nota final. 

Quer receber mais dicas? Descubra mais sobre o Enem clicando neste link.