Sabia que existem algumas profissões em alta mesmo em períodos de instabilidade econômica? 

Portanto, não se desanime! Descobrir quais são elas talvez ajude você na escolha da carreira.

Isso porque, além de levar em conta o que você gosta de fazer, não dá para deixar a preocupação com o mercado de lado, né?

Por isso, continue lendo para entender como as profissões são afetadas pela economia e quais oferecem mais oportunidades. 

Vamos lá!

 

Como a crise afeta o mercado de trabalho?

Antes de conhecer as profissões em alta, você precisa entender como funciona a dinâmica do mercado.

Quando as coisas vão mal na economia do país e do mundo, acontece um efeito em cadeia. Então vários setores começam a sentir os prejuízos.

Dependo do tamanho da crise, fica difícil para os pequenos negócios sobreviverem. 

E mesmo as empresas maiores acabam demitindo funcionários por não conseguir fechar as contas.

Nesse cenário, grande parte das vagas de trabalho são fechadas, fazendo as taxas de desemprego irem lá em cima.

Profissões em alta: encontrando boas oportunidades

Mas nem tudo é notícia ruim, viu? 

Afinal, você pode encontrar alternativas de sucesso profissional, independentemente do cenário do país.

Algumas carreiras trazer perspectivas positivas, já que elas se tornam ainda mais importantes para superar as dificuldades econômicas.

Esse é o caso, por exemplo, de profissões ligadas à tecnologia, finanças e gestão de negócios. 

Isso porque os que trabalham nessas áreas são os grandes responsáveis por encontrar soluções e apontar os caminhos para sair bem dessa situação.

6 profissões em alta em tempos de crise

Se você está no momento de escolher uma carreira para seguir, conhecer essas profissões pode ajudar você a se encontrar.

Descubra a seguir o que faz cada uma delas:

1. Administrador

Todo negócio depende dos esforços de um bom administrador para dar certo. Por ser o profissional com a visão do todo, é ele quem guia as empresas.

Essa função é chamada de gestão estratégica, uma das áreas de atuação da administração. O objetivo é criar planos de negócio, analisar cenários e desenvolver ações para a empresa chegar onde deseja.

Quando uma crise explode, os administradores se tornam ainda mais valiosos. 

É hora de manter o negócio funcionando, mesmo com o orçamento reduzido – o que é um baita desafio!

Esses profissionais precisam colocar suas habilidades em prática para:

  • cortar despesas;
  • analisar a concorrência;
  • encontrar oportunidades de mercado;
  • reposicionar a marca;
  • aumentar a produtividade;
  • criar novos produtos e serviços.

2. Economista

Impossível não lembrar dos economistas em momentos como esse. 

Diferentes tipos de organizações precisam deles para tomar decisões principalmente em tempos mais complicados.

Mas fique sabendo que não é só sair por aí dando opiniões. E também não se trata de gostar apenas de números.

Um economista precisa entender a fundo as questões sociais e políticas que estão rolando. Além disso, saber lidar bem com mudanças é outro ponto fundamental.

Assim fica fácil entender por que esta se tornou uma das profissões em alta do momento. Tanto empresas quanto governos precisam dos economistas para entender o cenário e saber o que fazer.

3. Analista de sistemas

Com a área de TI bombando, os analistas de sistemas só têm a ganhar. Hoje as empresas de tecnologia não as únicas que precisam deles. 

O setor de serviços, comércio e a indústria também contratam esses profissionais.

Para dar uma ideia da quantidade de funções que eles podem ter, conheça algumas das mais comuns:

  • desenvolver sistemas para automatizar tarefas;
  • gerenciar bancos de dados;
  • cuidar da segurança das informações;
  • integrar soluções de comunicação.

Mas o que muda em contextos de crise econômica? O que faz os analistas de sistemas entrarem para a lista de profissões em alta?

Quando as empresas estão mal das pernas, elas precisam atingir dois objetivos fundamentais: reduzir custos e aumentar a produtividade. 

E a tecnologia é craque em cumprir essas funções.

4. Gestor de plataformas digitais

Outra profissão de destaque ligada à tecnologia é o gestor de plataformas digitais. Essas plataformas incluem sites, aplicativos, e-commerce, etc.

Já faz um tempo que a maioria das marcas está ligada na importância de marcar presença no universo virtual. Em épocas de queda nas vendas, o digital se torna uma das melhores saídas.

Entretanto, para essa estratégia dar certo, as empresas dependem desses gestores.

Por terem uma visão do todo, são capazes de administrar várias plataformas e liderar equipes de desenvolvedores.

5. Contador

Embora este seja o termo genérico para quem se forma na área, vale a pena você saber que existem diversas carreiras nas Ciências Contábeis

É possível trabalhar como analista, consultor, auditor contábil, entre outras.

Mas uma coisa elas têm um comum: o objetivo principal é colocar as contas das organizações em ordem.

Esses profissionais cuidam do dinheiro que entre e sai, dos pagamentos de funcionários, dos relatórios de contabilidade, do lucro etc. 

Ou seja, de tudo o que é necessário para manter a saúde financeira da organização.

Além disso, os contadores são aqueles que ajudam as organizações a estarem em dia com as leis.

6. Especialista em marketing digital

O modo de fazer publicidade e marketing foi transformado pelas redes sociais. 

Entretanto o sucesso nessas plataformas depende do trabalho de quem domina o mundo do marketing digital.

Os especialistas nessa área fazem muito mais do que produzir conteúdo. Eles são responsáveis por várias funções, como:

  • analisar as tendências do mercado;
  • identificar novas soluções;
  • estudar a experiência do usuário;
  • elaborar estratégias online.

Durante os períodos de crise, fazer um bom trabalho nos espaços digitais ajuda uma marca a se diferenciar das concorrentes. Portanto, a ganhar o próprio espaço no mercado.

Profissões em alta: ache o seu match perfeito

E aí, você se identificou com algumas dessas profissões em alta? Fique tranquilo se ainda estiver em dúvida.

Uma carreira não é algo que você escolhe de uma hora para outra. Mas o caminho é esse: buscar informação sobre as diferentes opções e possibilidades oferecidas pelo mercado.

Quer fazer essa busca ser mais divertida? O jogo das profissões dá aquela força, sugerindo profissões com base nas suas próprias respostas. Bora jogar?

ACESSAR MATERIAL