Quem pesquisa na internet como criar uma rede de contatos encontra dois termos bem próximos. Surge, então, a dúvida: qual é o correto – network ou networking?

Se você está curioso para saber a resposta desta pergunta, acompanhe o post para esclarecer suas dúvidas. Vamos explicar o significado dos termos e ajudá-lo ativar sua rede de contatos hoje mesmo!

Network ou networking?

Pode parecer estranho ou até mesmo erro de digitação. A semelhança dos dois termos é tanta, que muita gente ainda se confunde.

O fato é que as duas palavras existem e têm seus próprios significados. Entenda de uma vez por todas o que cada uma delas quer dizer.

O que é network

O termo network faz referência a existência de uma rede de contatos. Ou melhor, se refere a um grupo de pessoas conectadas por interesses em comum.

A rede pode ser formada por amigos, colegas de trabalho e da faculdade e até mesmo por familiares. O que importa aqui é que as pessoas fizeram um esforço inicial de conversarem e se conhecerem.

acessar material

O que é networking

O termo networking é o mais usado no dia a dia. Está ligado ao processo de desenvolvimento da sua rede de contatos.

Ou seja, o networking é o esforço ativo de uma pessoa de se aproximar das demais. Requer prática e constância para acontecer.

Como network e networking se complementam

Como você pode perceber, enquanto o networking está ligado ao processo, o network é o resultado final. Desta maneira, é impossível pensar nos dois conceitos isolados.

Quem se especializa em fazer contatos quer mesmo ver sua agenda lotada de boas referências. Manter uma boa relação com pessoas diferentes pode abrir portas na vida pessoal e profissional. 

Por onde começar?

Em um mundo cada vez mais globalizado e dinâmico, não dá para ficar parado. É importante assumir o compromisso de construir relacionamentos profissionais mais sólidos.

Entenda como começar a sua rede de contatos de maneira efetiva:

1) Defina seus objetivos

Antes de mais nada é preciso entender o que você espera das suas redes de relacionamento. Priorize um objetivo por vez.

Por exemplo, se você está entrando na faculdade agora, é interessante concentrar suas energias nos contatos profissionais.

Estabeleça o que é mais importante no momento e defina prazos claros para alcançar suas metas. Assim, será mais fácil acompanhar o seu desempenho e corrigir possíveis erros de rota ao longo do processo.

2) Ative a memória visual

Sabe aquela sensação de encontrar alguém na rua e não saber de onde conhece a pessoa? Ela deve ser deixada de lado de uma vez por todas.

Para fazer um bom network, você precisa se esforçar para reconhecer o rosto das pessoas. É interessante que você saiba qual é o assunto que os une para ter o que falar quando se encontrarem.

Reveja a agenda do celular e comece a criar uma lista de pessoas com quem você quer se reaproximar. Preze pela qualidade e não pela quantidade.

3) Frequente eventos

Circular pelos corredores de um evento pode ser uma boa oportunidade para fazer novos contatos. Contudo, é importante ser estratégico e escolher bem os eventos que você vai participar.

Dê uma olhada no calendário da sua região para selecionar os que mais lhe interessam. 

No dia, deixe o celular de lado e vá interagir com as pessoas. O intervalo para o cafezinho pode ser um bom momento para trocar cartões e se apresentar.

4) Saiba ouvir

Nada mais desagradável do que falar com alguém e perceber que a pessoa está com a cabeça nas nuvens.

Quando estiver conversando com alguém, esteja realmente presente no diálogo. Escute o que o outro tem a dizer verdadeiramente e saiba a hora de parar de falar.

A sua comunicação deve ser simples e objetiva para garantir que todos o entendam. 

Network ou networking Entenda as diferenças

5) Encontre assuntos em comum

Perceba o que você tem em comum com a pessoa com quem está falando. Assim, será mais fácil dar continuidade à conversa.

Uma rápida pesquisa nas redes sociais pode revelar muito sobre a pessoa com quem você quer se conectar.

Imagine, por exemplo, que você navegou pelo Linkedin e descobriu que o seu colega de trabalho estudou na mesma escola que você. Esse pode ser o pontapé inicial que vocês precisam para se conhecerem melhor.

6) Meça os resultados

A pior maneira de descobrir o resultado do seu networking é ficar desempregado e não conseguir indicações. 

Quem se aproxima das pessoas apenas quando está precisando pode não conseguir alcançar seus objetivos. Além disso, fica mal visto como inconveniente ou interesseiro.

A cada trimestre reveja as suas metas para avaliar se você as alcançou. Manter essa análise com regularidade é importante para que você possa ajustar sua estratégia.

Confira até onde você já chegou e extraia aprendizado dessa experiência. 

7) Saiba se vender

Muita gente tem dificuldade de falar de si mesmo e acaba se complicando quando lhe perguntam o que elas fazem da vida.

Para evitar problemas, o melhor mesmo é se preparar com antecedência. Crie uma apresentação pessoal criativa, simples e objetiva.

Defina como você quer ser visto pelo mercado de trabalho e passe sua mensagem chave. Treine no espelho para combinar entonação, mensagem e expressão facial.

Tome cuidado apenas para não parecer artificial. A ideia é que você se apresente como se o texto tivesse sido pensado na hora. 

Quem vende suas ideias com clareza tem mais oportunidades pessoais e profissionais. O marketing pessoal pode ser um grande diferencial para sua carreira. 

8) Confie no seu potencial

Qualquer um pode fazer network e networking, independentemente da personalidade. A timidez não será empecilho se você praticar a autoconfiança.

Seja autêntico e respeite sua essência. Não precisa forçar a barra para parecer mais extrovertido que o normal.

Quando você se aceita do jeito que é, passa a se cobrar menos. Assim, fica mais relaxado para se aproximar das pessoas sem medo de julgamentos.

Abaixe a guarda para fazer novos contatos.

Hora da prática

Se você chegou até aqui, já sabe quando usar os termos network ou networking de maneira correta.

Mais do que entender o que são essas palavras, é preciso colocá-las em prática. Siga as dicas que demos para criar e manter uma rede de contatos estratégica. 

Prepare-se para trocar experiências e conhecimentos com pessoas incríveis. Aproveite o tempo livre para descobrir como criar um networking eficiente clicando neste link.

baixar agora!