Suas emoções parecem estar à flor da pele nesta quarentena? Se a sua resposta for sim, está na hora de conhecer os 5 pilares da inteligência emocional.

Você já deve ter notado que essa competência é a palavra do momento. Provavelmente, você já deve ter esbarrado com esse termo em vários lugares nos últimos tempos. 

Não é para menos: ela é mesmo muito importante. 

Neste post, vamos explicar porque você deve desenvolvê-la e como aplicá-la no dia a dia. 

Vamos lá?

O que é inteligência emocional?

O próprio termo inteligência emocional já nos dá uma ideia do que se trata, certo? 

Ele faz referência à capacidade de lidar com as nossas próprias emoções com mais equilíbrio e maturidade.

Quem tem essa competência bem desenvolvida leva a vida de forma mais leve, consegue lidar com qualquer situação com mais tranquilidade e entende que não existe erro, mas sim aprendizado.

Tira de letra a pressão do dia a dia e entende que tudo é possível com perseverança. 

Já pensou o quanto isso poderia ser útil para lidar com os seus problemas? 

O relacionamento com o seu chefe ou os contatos com seu crush ficariam bem mais fáceis com essa habilidade.

Quais são os pilares da inteligência emocional?

Se você já viu vantagens em desenvolver inteligência emocional, deve saber que ela é resultado da soma de 5 pilares.

Ou seja, isso quer dizer que para ter mais equilíbrio você precisará desenvolver todos esses pontos. 

Fique tranquilo que contaremos a vocês quais são eles para que você consiga mudar a sua vida daqui para frente.

1. Autoconhecimento

Tire uns minutinhos para pensar sobre você agora. 

Você se conhece bem? Sabe o que realmente você gosta ou não? Quais são os seus pontos fortes? E os pontos a desenvolver?

Entender quem nós somos é fundamental. Afinal, se não conseguimos lidar nem com nossas próprias emoções, como iremos nos relacionar com os outros!?

Tenha em mente que o autoconhecimento é uma jornada contínua. Ao longo da vida, vamos nos adaptando ao momento. Por isso, é sempre importante olharmos para dentro para entender quem somos.

De tempos em tempos pare para entender se as suas preferências mudaram. Pense em suas necessidades e se está satisfeito com o que conquistou até o momento.

Essa pode ser uma experiência um pouco incômoda às vezes, mas saiba que também é muito gratificante.

Conhecer melhor a nós mesmo eleva a autoestima e ajuda a ter mais empatia com nós mesmos. 

2. Adaptabilidade

Não há mais espaço para teimosia. Todos nós precisamos estar em constante evolução e nos adaptar ao que está ao nosso redor.

Bater o pé e resistir às transformações pode atrapalhar o seu desenvolvimento pessoal e profissional. 

Ter flexibilidade para lidar com as mudanças que acontecem constantemente no mundo é essencial para ter equilíbrio. 

Esqueça a sua necessidade de controle. Se você se abrir para o novo, crescerá muito rápido e perceberá quantos aprendizados pode colher com essa experiência.

Em vez de listar os seus erros, observa quais os aprendizados você pode extrair do que aconteceu. Quando a situação voltar a se repetir, aplique-os para ter mais resultados.

Quem se reinventa a cada novo dia tem mais chances de sucesso! 

Ppilares da inteligência emocional - dicas

3. Autogestão

Esse pilar costuma ser um dos maiores desafios da sua faixa etária, por isso, não se preocupe. Todos estamos no mesmo barco!

A palavra autogestão está ligada à capacidade de gerenciar sua própria vida. Ou seja, ser dono das suas decisões e arcar com as consequências disso.

Desenvolver essa habilidade pode ajudar você a se tornar mais protagonista da sua própria vida. Ou melhor, ser mais proativo e lutar para realizar os seus sonhos.

Por meio da autogestão, é possível lidar melhor com os seus próprios sentimentos e encontrar motivação quando preciso.

Sabe as aulas na academia que você já começou e largou várias vezes? Ela é um bom exemplo de meta que ficará mais fácil ser alcançada usando esse pilar.

Aplicando a autogestão no dia a dia, você se conectará mais com a sua essência, se tornando mais produtivo. 

Além disso, silenciará de uma vez por todos os pensamentos sabotadores para que consiga focar no que realmente importa!

4. Empatia

Se existe uma lição que já pode ser tirada da atual pandemia em que vivemos é que estamos todos conectados. 

Logo, precisamos nos relacionar de forma mais colaborativa e respeitosa.

Empatia é a capacidade de nos aproximarmos do outro, sem julgamentos e interpretações. Através dela, podemos nos relacionar de forma muito mais leve e eficaz.

Sabe aquela vez em que você desabafou com um amigo sobre um problema pessoal sério e se sentiu acolhido? 

Nesse momento, com certeza, ele usou a empatia para fazer com que você ficasse mais calmo.

No dia a dia, precisamos aplicar a empatia o tempo todo. Das negociações com colegas de trabalho e clientes até o diálogo com amigos da faculdade. 

Essa habilidade é essencial para qualquer pessoa que queira ter relacionamentos saudáveis. Além disso, é indispensável caso você queira assumir uma posição de liderança no futuro.

5. Relacionamento interpessoal

Já notou quantas vezes citamos os relacionamentos como parte importante da inteligência emocional

Pois é, manter contato com outras pessoas é inevitável mesmo em isolamento social.

Mesmo que você esteja amando o home office, provavelmente, está em contato com amigos, colegas e familiares.

Vivemos em sociedade, por isso, precisamos aprender a ter relações mais positivas. Cuidar da forma como você convive com os outros ao seu redor pode gerar mais qualidade de vida.

Pilares da inteligência emocional: bases para a qualidade de vida!

Viu como os 5 pilares da inteligência emocional estão muito ligados? Na prática, isso quer dizer que se você colocar um em prática, os demais serão consequência natural.

Se você conseguir aplicar esses pontos na sua vida, se sentirá mais feliz e disposto. 

Ter mais positividade na sua vida vai permitir que você se comprometa mais com o futuro. Ou seja, será mais fácil realizar os seus sonhos. Imperdível, não é mesmo!? 

Gostou das dicas? Que tal aproveitar para se conhecer melhor!? Faça um teste e descubra os traços mais marcantes da sua personalidade.  

ACESSAR MATERIAL