Relações Públicas, Relações Internacionais. Os nomes destes cursos são tão parecidos que chegam a causar dúvidas em muitos estudantes.

Se você fizer uma pesquisa, verá que as áreas possuem algumas semelhanças, mas também grandes diferenças.

Neste post, vamos falar sobre essas duas áreas para que você entenda qual mais combina com você. Acompanhe para saber mais.

Relações Públicas x Relações Internacionais

A primeira coincidência entre as duas graduações já está anunciada no próprio nome. Essas duas atividades têm como base o relacionamento humano. 

Por isso, tratam-se de dois setores em que é preciso estar em constante contato com outras pessoas. Ter habilidade de se comunicar e de negociar é fundamental para ter sucesso nessa carreira.

Os dois cursos são recomendados para pessoas que:

  • se interessam pelas Ciências Sociais;
  • estão sempre atentas ao que acontece no Brasil e no mundo;
  • têm facilidade de se aproximar de outras pessoas;
  • possuem capacidade de análise e planejamento;
  • têm interesse em atividades estratégicas.

Caso você tenha se identificado com duas ou mais características citadas, quer dizer que você poderá ser bem-sucedido nestes ramos.

Saiba o que você pode esperar sobre cada uma dessas profissões:

QUERO VER!

Relações Internacionais

O curso de Relações Internacionais é voltado para o desenvolvimento de projetos políticos, econômicos e sociais entre agentes de países diferentes. Exige grande capacidade de negociação e interesse por conhecer novas culturas. 

O internacionalista, profissional formado nessa área, lida com transações estrangeiras o tempo todo. Logo, é importante ter domínio de pelo menos mais um idioma para facilitar o contato com as organizações internacionais.

O foco do trabalho do internacionalista é aumentar a rentabilidade do negócio em que trabalha. Por isso, ele também é responsável por acompanhar os dados e as métricas da empresa para mensurar os resultados. 

Relações Públicas Relações Internacionais

Uma grande diferença desta área para a de Relações Públicas é a relação com a Economia. 

O curso de Relações Internacionais está entre a área de Humanas e a de Exatas. Sendo assim, tem predominância maior de cálculos e números do que Relações Públicas.

O público-alvo do internacionalista são grandes empresas, entidades de classe, ONGs e governos de outros países. O objetivo do trabalho é estimular a criação de novas parcerias com grupos estrangeiros, alcançando os resultados planejados.

Relações Públicas

Apesar de também ter que se aproximar dos outros, o profissional de Relações Públicas atua com os públicos-alvo da empresa.

O trabalho do Relações Públicas tem uma natureza bem diferente do internacionalista. O objetivo agora é desenvolver a reputação do negócio frente a todos os grupos envolvidos com ele.

Funcionários, investidores, fornecedores e parceiros são alguns exemplos de grupos com os quais esse profissional se relaciona.

Trata-se de uma das carreiras de Comunicação. Portanto, exigirá maior domínio do português e capacidade de escrita e argumentação.

Um dos trabalhos do Relações Públicas é criar planejamentos estratégicos de comunicação. Esses documentos servem como direcionamento estratégico para as ações da organização a qual é contratado.

Ele pode atuar ainda na organização de eventos, no relacionamento com clientes e em agências de comunicação.

É muito comum encontrar profissionais de Relações Públicas em assessorias de imprensa, mediando contatos entre jornalistas e porta-vozes das empresas.

Já deu para notar que as atividades do Relações Públicas são bem diferentes das do internacionalista, né!? Essa é uma carreira muito voltada para o público-interno de uma organização.

Além disso, o intuito principal das ações é gerar proximidade com públicos-alvo e, não necessariamente, expansão de oportunidades de negócio.

Relacoes Publicas Relacoes Internacionais entenda as diferencas e semelhancas

Conclusão

Ao longo deste post, fizemos um breve resumo sobre os cursos de Relações Públicas e Relações Internacionais. 

Apresentamos um pouco para você das atividades de cada uma das áreas e das possibilidades de carreira.

Como você pode notar, apesar de partirem da mesma essência – o relacionamento – as áreas têm finalidades muito distintas.

Esperamos que você tenha compreendido as peculiaridades de cada carreira e que possa tomar uma decisão mais consciente. 

Conhecer melhor suas habilidades e aptidões vai ajudá-lo a acelerar o seu crescimento pessoal e profissional. Boa sorte nessa jornada!

Gostou das dicas? Descubra mais sobre Relações Internacionais clicando aqui!

BAIXAR GRÁTIS!