Se as Ciências Contábeis fazem parte do seu interesse, a formação abrange o curso técnico em Contabilidade ou a faculdade. São duas modalidades distintas e que merecem atenção para acertar na escolha.

Para ajudar você, trouxemos as principais diferenças e qual vale mais a pena fazer para chegar ao sucesso. 

Confira!

Como é o curso técnico em Contabilidade?

O técnico em Contabilidade é uma opção para quem deseja ter a qualificação necessária para trabalhar com certos aspectos contábeis — principalmente, de empresas.

É uma escolha para elaborar relatórios, balanços e demonstrativos, além de fornecer informações específicas para a tomada de decisão. 

A seguir, entenda melhor como ele funciona!

Duração

Na maioria dos casos, um curso técnico tem duração que varia de 1 a 2 anos. Em média, são 800 horas de ensino para configurar essa formação.

Um dos destaques desse modelo de aprendizado é que o ensino técnico pode estar associado à formação escolar, com a realização feita de maneira simultânea.

Atuação no mercado

Apesar de ter conhecimentos importantes, o técnico em Contabilidade não tem as mesmas atribuições que um profissional graduado.

Inclusive, muitas vezes um técnico atua de forma “complementar” a quem se graduou.

Esse trabalho em equipe é importante para o cotidiano das empresas, mas você precisa ficar atento para saber qual será o seu papel, combinado?

Como funciona a graduação em Ciências Contábeis?

A principal alternativa ao técnico em Contabilidade é a graduação

Normalmente, o curso superior em Ciências Contábeis é a indicação adequada, já que trata de todos os temas importantes da área.

Na prática, o caminho envolve entrar na faculdade e correr atrás do diploma ao longo dos semestres. Para entender melhor, veja algumas características essenciais da graduação.

Duração

Em geral, a graduação em Contabilidade dura 4 anos ou 8 semestres. Isso garante que todos os temas sejam abordados corretamente, cumprindo a carga horária esperada.

Também é uma forma de obter uma boa distribuição entre atividades teóricas, na sala de aula, e realizações práticas, sabia?

Conhecimentos

Embora os conceitos sejam semelhantes ao curso técnico em Contabilidade, a graduação traz aprofundamento sobre as questões.

Você sai do básico e passa a entender certos pontos de forma mais completa e integrada a outros conhecimentos.

Registro profissional

Os formados no ensino superior devem ter registro no respectivo Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

Sem isso, não é possível exercer a profissão legalmente. Para conquistar a aprovação, é preciso passar por uma prova que aborda os principais conhecimentos na área.

Essa exigência também era válida para os formados no técnico em Contabilidade, mas passou a ser exclusiva para os graduados, a partir de 2015.

Técnico em contabilidade ou graduação

Quais as vantagens da graduação em relação ao técnico em Contabilidade?

A verdade é que escolher a graduação é muito interessante para quem deseja ter uma carreira contábil de sucesso. 

Inclusive, é uma alternativa mais vantajosa que o técnico em contabilidade.

Quer saber o que torna essa opção tão atraente? Veja quais são os benefícios de escolher esse tipo de formação!

Conhecimentos aprofundados

Como falamos sobre as diferenças de formação, a graduação permite que os temas sejam aprofundados.

Então, você tem um entendimento mais completo sobre todas as questões contábeis.

Isso é muito importante, inclusive, para se tornar um especialista na área. É algo que permite que se destaque e consiga resultados melhores na carreira.

Grande versatilidade de atuação

Após concluir a faculdade e ter o registro profissional, há como trabalhar em diversas áreas. Como consequência, há mais oportunidades disponíveis e uma atuação diferenciada.

Além disso, como técnico em Contabilidade você não poderá exercer certas funções, como auditoria, perícia ou conferência de balanços. Já quem é graduado poderá.

Ganhos superiores

Você não deve escolher a carreira ou formação apenas pelo salário. Porém, não podemos negar que essa questão tem peso, né?

Como técnicos em Contabilidade, você ganhará menos que um bacharel. Por isso, investir na graduação é uma ótima alternativa para ganhar mais.

Mais oportunidades disponíveis

Ter concluído o curso superior de Ciências Contábeis permite se candidatar a muitas vagas. Afinal, esse é um requisito bastante comum nas vagas destinadas a esse setor.

Na prática, significa que você tem a chance de aproveitar mais oportunidades. Então, as suas probabilidades de ter sucesso na carreira se tornam maiores.

Portas abertas para outras qualificações

Depois de conseguir o seu diploma na faculdade, é possível partir para algumas especializações, como a pós-graduação. Como técnico em Contabilidade, isso não é viável.

O melhor de tudo é que ter a oportunidade de se especializar reforça seu currículo e aumenta as chances de alcançar os objetivos profissionais.

Maior autonomia de atuação

Um técnico em Contabilidade pode e deve executar certas funções, mas tudo dentro de certos limites.

Como graduado, por outro lado, há como atuar de forma ainda mais completa.

Isso é muito importante se você busca autonomia e liberdade para se desenvolver. Com a graduação, é possível atingir novos patamares na carreira.

Destaque no mercado

É justo dizer que as empresas buscam profissionais cada vez mais qualificados, certo? Considerando que a Contabilidade é essencial para o sucesso, há exigências extras no setor.

Por isso, ser graduado na área faz com que você se destaque no mercado, o que garante resultados muito melhores.

Elevada empregabilidade

Já que essa formação leva ao destaque no mercado, é uma alternativa que amplia o nível de empregabilidade. Na prática, significa que fica mais fácil encontrar novas posições no setor.

Além de impedir que você fique muito tempo fora do mercado, é uma maneira de gerar o desenvolvimento profissional de forma ampla.

Reforça o curso técnico

Só que, também, não custa lembrar: a graduação pode ser um complemento do técnico em Contabilidade, sabia? Ou seja, você não precisa escolher entre um ou outro, já que eles se complementam.

O truque é recorrer à graduação como uma solução para complementar a sua atuação e garantir uma atividade especialmente interessante e atraente para os empregadores.

Graduação ou técnico em Contabilidade?

O técnico em Contabilidade não é a única alternativa para a sua formação. 

A graduação vale mais a pena pelas vantagens que apresenta e, por isso, deve fazer parte dos seus planos!

Quer conhecer essa opção de forma ainda mais completa? Baixe o guia sobre o curso de Contabilidade e tire todas as suas dúvidas!