O mercado está em constante mudança, especialmente depois da era digital que mudou os processos em todos os lugares. Mas independente de qual seja a transformação, é importante que o profissional de hoje entenda qual a melhor forma de acompanhá-la e se beneficiar de tudo isso. Caso contrário, ele fica pra trás e seu trabalho se torna obsoleto.

Confira o texto a seguir e descubra como não ser engolido pelo mercado de trabalho em transformação.

Conheça o perfil do novo profissional

Em um mercado de trabalho em transformação constante, os profissionais também precisam se atualizar. A era digital demanda um novo perfil de servidor, cada vez mais conectado e antenado às tendências do mercado que não param de mudar.

O profissional do momento, antes de mais nada, é flexível. Possui a capacidade de se adaptar rapidamente às novas tecnologias e às formas modernas de trabalho. Ele é analítico, proativo e dono de sua própria carreira. Não espera por estabilidade ou por uma promoção para atingir o seu ápice.  É ele quem constrói o seu próprio caminho e para isso está sempre buscando formas de evoluir, desenvolver outras habilidades e competências, investindo em novos conhecimentos e experiências.

Quando surge uma boa oportunidade, ele não tem medo de aceitar, por mais desafiador que pareça. Para isso, ele precisa ser confiante, criativo e resiliente.

O profissional de hoje é inquieto, alerta e sabe trabalhar em equipe. Afinal de contas, já entendeu que quando o assunto é produtividade, quem soma, multiplica. Não há mais espaço nem tempo para competições dentro das empresas.

Saiba o que o novo mercado de trabalho precisa

Junto das transformações no mercado, os espaços de trabalho trazem novas demandas. E se você não quer ser engolido por essa onda de mudanças, é bom ficar atento a essas necessidades.

Em tempos de transformação digital, onde tudo acontece com uma velocidade enorme, as instituições pedem por otimização, produtividade, inovação, planejamento, inteligência artificial e resolução de problemas em tempo recorde. Para vencer a concorrência é preciso uma equipe antenada e disposta.

Para isso, é necessário que os profissionais sejam extremamente proativos, desenvolvam alta capacidade de resiliência, versatilidade e uma boa dose de criatividade.

No mercado atual, não dá para perder tempo. É preciso praticidade e agilidade em todas as ações. Raciocínio analítico, controle psicológico e muito jogo de cintura são fundamentais para dar conta de todas as demandas em tempo hábil.

mercado-de-trabalho-em-transformação

Mapeie as novas tendências

Se você pretende surfar nessa onda gigante de transformações sem correr o risco de ser engolido, é bom saber para qual direção ela está seguindo.

São as novas tendências do mercado que ditam as regras e influenciam as novas condutas do profissional de hoje. Por isso, é importante ficar ligado e se capacitar para suprir as novas demandas.

A transformação digital é o fio condutor de todas essas mudanças e atualmente é ela quem guia o mercado de trabalho. Com a era digital, vem o uso de ferramentas tecnológicas e a automação dos serviços, substituindo os profissionais por máquinas em diversas tarefas.

Ao contrário do que muitos imaginam, a automação não representa a extinção de profissionais dentro das empresas. Na realidade, elas permitem uma maior agilidade em tarefas repetitivas e a redução de erros humanos, deixando os profissionais livres para se dedicarem a coisas mais importantes.

Em consequência a todo esse movimento, surge a criação de novas posições de trabalho. E com isso, a necessidade de investimento em novas especializações e atualizações por parte dos profissionais.

Outra tendência do mercado atual é a valorização do pensamento empreendedor. Mais do que empregados, as organizações modernas buscam por profissionais que “vestem a camisa” da marca e tomam iniciativas criativas visando uma maior produtividade da instituição.

Entenda os desafios do mercado de trabalho em transformação

Com todas as transformações, vêm também os desafios. E saber como superá-los pode significar longos passos à frente da concorrência.

O primeiro grande desafio das novas demandas do mercado é a própria capacidade de acompanhá-las. Quem não consegue correr contra o tempo e desenvolver as habilidades e competências necessárias, está fora do jogo.

As ferramentas tecnológicas, por exemplo, estão no topo da lista. É preciso saber trabalhar com elas para não ser substituído por alguém que saiba.

Além disso, como já falamos anteriormente, a exigência por qualificação é cada vez maior, e isso vai muito além de habilidades técnicas. Hoje as empresas também valorizam as competências comportamentais de seus funcionários, que envolvem a personalidade e os valores.

Essas competências nem sempre são trabalhadas ou aprendidas na universidade. Estão muitas vezes relacionadas à história de vida de cada um, por isso, para algumas pessoas, pode acabar se tornando um grande desafio.

Outro ponto importante é que atualmente, as experiências antigas, em outros empregos, contam muito pouco ou quase nada para as instituições. Os recrutadores estão mais interessados pelo o que você está fazendo hoje, ao invés de se preocuparem com seus feitos do passado.

Por isso, se você deseja se manter firme no mercado, é preciso estar de peito aberto e pronto para ressignificar seus conceitos profissionais. Mantenha-se antenado, invista em cursos, capacitações e procure trabalhar em novas competências profissionais e pessoais.

Invista em soft skills

E por falar em competências pessoais, as chamadas soft skills nunca foram tão valorizadas no mercado de trabalho. Como falamos anteriormente, as habilidades comportamentais estão entre as principais demandas do mercado de trabalho e contam muitos pontos para quem deseja uma boa oportunidade.

Na contramão de todo o movimento de automação das empresas, os recrutadores buscam por profissionais empáticos, capazes de se comunicar de forma positiva, trabalhar em equipe e compreender as necessidades do consumidor.

Essas pessoas têm a capacidade de gerar um ambiente de trabalho harmônico e consequentemente mais saudável e mais produtivo para todos.

Diferente das habilidades técnicas, essas competências são pessoais, desenvolvidas ao longo da vida, e estão diretamente relacionadas aos valores e a personalidade dos indivíduos. Apesar disso, já existem diversas ferramentas eficientes para trabalhar essas características e sair à frente da concorrência. Fique atento.

cta-administracao-como-se-diferenciar-na-carreira-e-obter-sucesso

Mantenha-se atualizado

O profissional moderno precisa ter a consciência de que ele nunca está 100% pronto. O mercado está o tempo todo em transformação e se hoje você está por dentro das tendências, amanhã pode não estar mais.

Por isso, é muito importante acompanhar o ritmo do mercado e manter-se sempre atualizado. Leia muito, frequente palestras, participe de grupos de discussão e, na medida do possível, faça cursos de capacitação para desenvolver ao máximo as suas habilidades.

Veja os desafios como uma oportunidade de aprendizado, tire dúvidas com seus colegas e mantenha a chama da curiosidade sempre acesa. A todo instante existem novas coisas para aprender e contribuir. E esse tipo de prática é muito bem-visto por esse mercado que se transforma a todo instante. Lembre-se: estudar nunca é demais.

Pronto! Agora você já sabe como não ser engolido pelo mercado de trabalho em transformação. Mantenha-se sempre atualizado, invista nas soft skills, acompanhe as tendências, saiba quais são as demandas atuais, prepare-se para os desafios e boa sorte!

Ah! E não se esqueça de trabalhar o seu espírito empreendedor. Faça download deste e-book e descubra como ser um empreendedor desde a faculdade.