Empreender é uma habilidade que veio para ficar. Em tempos de instabilidade e muita competição, a capacidade de “pensar fora da caixa” para aproveitar os desafios para extrair algo de positivo se tornou uma necessidade em qualquer espaço de ensino ou trabalho.

O número de jovens empreendedores não para de crescer. Com uma mente criativa e um olhar atento às demandas da sociedade, esses estudantes já compreendem as vantagens de criar o próprio negócio e a cada dia conquistam mais espaço no mercado de trabalho.

Se você está na graduação e deseja colocar suas ideias em prática desde já, este post é para você. Confira o texto a seguir e descubra como se tornar um empreendedor desde a faculdade.

Afinal, o que é empreendedorismo?

Se você quer descobrir como se tornar um empreendedor desde a faculdade, o primeiro passo é entender do que se trata esse conceito tão disseminado nos dias de hoje. Então, vamos lá!

Empreendedorismo é a capacidade de identificar problemas e transformá-los em oportunidades de negócio criativas e inovadoras. É ter um olhar aguçado para perceber demandas, desenvolver soluções e investir em recursos para colocá-las em prática.

Em outras palavras, empreendedorismo é sobre realização e inovação. Observar uma necessidade –– seja ela no âmbito que for ––, vislumbrar uma forma eficiente e criativa de suprir essa demanda e realizá-la.  Pode ser qualquer iniciativa, um movimento, um projeto ou até mesmo um negócio. O importante é que gere mudanças reais e positivas no cotidiano das pessoas.

Seja um aluno engajado

As vivências são os principais combustíveis para se ter uma boa ideia.  Por isso, aproveite os espaços e as experiências oferecidas pela faculdade para nutrir-se de conhecimento, aguçar o seu olhar empreendedor e descobrir possibilidades.

Os projetos acadêmicos, como os de pesquisa e extensão, são uma ótima forma de expandir os horizontes e exercitar a identificação de necessidades e soluções para as demandas da sociedade.

Por meio do contato direto com a comunidade, os alunos experimentam na prática o conteúdo aprendido em sala de aula, vivenciando a realidade para além dos muros da faculdade.

Os grupos de estudos, palestras, eventos e estágios também são ótimas oportunidades para desenvolver suas habilidades para empreender. Além de expandir o seu conhecimento, você tem a possibilidade de compartilhar ideias com outros alunos e professores, tirar dúvidas, descobrir novas necessidades, criar parcerias, apoiadores e ainda ampliar a sua rede de contatos.

A faculdade é um ambiente fértil para quem deseja se iniciar na carreira de empreendedor. Fique ligado nas oportunidades e procure se engajar no máximo de projetos que puder.

como-se-tornar-um-empreendedor

Crie as próprias oportunidades e descubra como se tornar um empreendedor

Não espere as oportunidades caírem do céu. Dentro do espaço acadêmico existe uma imensidão de coisas acontecendo ao mesmo tempo e centenas de alunos ávidos por uma chance. Por isso, seja proativo e crie suas próprias oportunidades.

Identifique os professores e colegas que possam ser seus aliados. Demonstre interesse, compartilhe suas ideias e peça orientação. Com certeza eles se sentirão realizados em contribuir na sua caminhada.

Saia da zona de conforto e aproveite todo o potencial que a faculdade tem para te oferecer. Seja ousado e proponha ações concretas.

Crie um grupo de estudos, converse com alunos de outros cursos e participe do diretório acadêmico. Exercite o seu olhar e identifique os problemas e principais demandas dentro da faculdade. Proponha mudanças, crie soluções e procure executá-las. Não perca tempo!

Alie estudos com negócios

Uma forma ainda mais fácil de transformar o empreendimento em realidade é aproveitar as lições de dentro da sala e colocá-las em prática fora da faculdade. Que tal então selecionar uma matéria do curso ou um projeto dentro de uma área que goste e ampliar isso?

É comum que muitos jovens se perguntem se essa é uma prática realmente viável, tendo em vista que os estudos necessitam de dedicação. No entanto, com foco, organização e força de vontade, é possível sim aliar os negócios aos estudos.

Pode ser que algumas dificuldades apareçam no caminho, mas fique tranquilo. Lembre-se que os desafios são boas oportunidades para criar soluções inovadoras e a resiliência é o forte de todo empreendedor. Além disso, a sua prática irá contribuir nos seus estudos e seus estudos irão contribuir com os seus negócios.

O segredo é criar um cronograma detalhado e segui-lo à risca. Se a rotina não está dando certo por algum motivo, mude-a! A flexibilidade também é uma habilidade do empreendedor.

Fique atento às possibilidades do momento

Existem alguns espaços dentro e fora da faculdade que são focados no desenvolvimento de novos empreendimentos. Eles dão aos alunos a oportunidade de evoluir profissionalmente e ainda experimentar a realidade do mercado por meio de projetos concretos.

As empresas juniores, por exemplo, são organizações acadêmicas totalmente geridas por alunos de determinado curso, sempre com a orientação de um professor. Seus clientes são pessoas e organizações da sociedade que contratam serviços reais e de baixo custo –– já que os colaboradores ainda estão em fase de aprendizado.

A participação em empresas como esta oferece inúmeros benefícios aos estudantes. Além de ampliar a rede de contatos e proporcionar a experiência prática dos conteúdos aprendidos em sala de aula, são desenvolvidas habilidades importantes como liderança, autonomia, iniciativa e comunicação.

Os alunos que fazem parte de uma empresa júnior têm mais chances de contratação em processos seletivos, já que, cada vez mais, as atividades extracurriculares brilham aos olhos dos recrutadores.

As incubadoras também são uma ótima oportunidade para quem deseja colocar uma boa ideia em prática. Elas oferecem todo o suporte aos jovens empreendedores –– infraestrutura, gerenciamento e capacitação –– para que possam desenvolver e viabilizar seus projetos. Ajudam a montar o plano de negócios em todas as suas etapas e a gerir os primeiros anos do projeto.

As startups também estão entre as possibilidades promissoras do momento para quem deseja empreender. As chamadas “empresas em fase inicial” se dedicam a desenvolver produtos e serviços com potencial de rápido crescimento.

Estruturadas em bases tecnológicas de baixo custo, seu caráter experimental e incerto faz com que sejam uma boa escolha para quem quer se aventurar no mundo da criação e ter o próprio negócio.

Agora que você já sabe como se tornar um empreendedor desde a faculdade, não perca mais tempo. Comece a investir no seu futuro desde já e construa uma carreira promissora. Faça o download do nosso ebook e descubra “como se transformar em um empreendedor de sucesso”.